Lance Jornalista inglês fala sobre ausência de Foden entre os titulares da Inglaterra na Copa: 'Talento desperdiçado'

Jornalista inglês fala sobre ausência de Foden entre os titulares da Inglaterra na Copa: 'Talento desperdiçado'

Jacob Steinberg declarou no "The Guardian" que Three Lions não podem 'arriscar perdé-lo'

Lance
Lance

Lance

Lance

O jornalista inglês Jacob Steinberg comentou em tom de preocupação sobre a pouca utilização de Phil Foden pela Inglaterra até aqui na Copa do Mundo. No "The Guardian", o comunicador relembrou a carreira de Glenn Hoddle, um ex-jogador britânico que não se firmou na seleção.

+ Copa do Mundo pode ser grande chance para Maguire 'virar o jogo' na Inglaterra

- Hoddle foi uma joia para um excelente time do Tottenham, um dos melhores meio-campistas criativos de sua geração, mas nunca foi o homem principal da Inglaterra. Ele lembra de ter se sentido sufocado quando alinhou na ala direita em um 4-4-2, desejando ter a liberdade de entrar para pegar a bola e odiava a ideia de ser um jogador de luxo - escreveu.

Steinberg destacou o fato de Phil Foden não ter atuado diante dos Estados Unidos. No último confronto pelo Grupo B da Copa do Mundo, o meia permaneceu os 90 minutos no banco de reservas.

- A Inglaterra empatou sem gols com os Estados Unidos na sexta-feira. Eles criaram poucas chances e correram poucos riscos. A situação parecia ideal para Phil Foden entrar e flutuar entre as linhas. O meio-campista do Manchester City é o jogador mais talentoso tecnicamente da Inglaterra. Ele é um regular para Pep Guardiola. Mas Gareth Southgate o manteve no banco e a Inglaterra continuou trabalhando - opinou.

Para o comentarista, Gareth Southgate precisa aproveitar melhor o potencial do atleta que, segundo ele, é peça fundamental no Manchester City de Pep Guardiola.

- Southgate deve tirar mais proveito de Foden com a camisa da Inglaterra. Se o City jogasse a final da Liga dos Campeões amanhã, Foden começaria na ala esquerda - afirmou.

Jacob Steinberg encerrou relembrando uma fala de Hoddle. O ex-meio-campista foi uma grande promessa da Three Lions no fim da década de 70, mas não foi muito utilizado pela seleção. Disputou 53 jogos com a camisa inglesa e fez oito gols.

- "A Inglaterra não aproveitou meu talento”, disse Hoddle. “E quanto mais eu via times estrangeiros, mais eu queria jogar por eles. Jogar pela Holanda teria sido tão simples quanto levantar para tomar meu café da manhã.” Parece preocupantemente familiar. A Inglaterra deve garantir que a história não se repita com Foden - finalizou.

Glenn Hoddle atuou grande parte da sua carreira pelo Tottenham, onde jogou 491 vezes e fez 110 gols.

Os ingleses duelam com País de Gales na próxima terça-feira, às 16h (de Brasília), para carimbar sua vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. A partida acontece no estádio Ahmed bin Ali, em Al Rayyan.

Últimas