Jogadores de São Caetano e XV de Piracicaba comentam sobre decisão da Copa Paulista

Nesse sábado (16), as equipes definem o campeão do torneio que dará vagas na Série D do Brasileirão e na Copa do Brasil 2020

Lance

Lance

Lance

Nesse sábado (16) às 17h (horário de Brasília), São Caetano e x XV de Piracicaba jogam a partida de volta da decisão da Copa Paulista no estádio Anacleto Campanella. No primeiro jogo, em Piracicaba, o Azulão saiu vitorioso por 3 a 2 e joga pelo empate para sair com a taça. No caso do time do interior, vencer por um gol de diferença leva as penalidades enquanto dois ou mais tentos dão o título ao Nhô Quim no tempo normal.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Os atletas Cássio Gabriel, do XV, e Anderson Rosa, do São Caetano, projetam essa partida.

- Apesar de termos jogado fora de casa, conseguimos uma boa vantagem para a volta. Precisamos estar mais concentrados ainda para conseguir neutralizar os pontos fortes deles para sair de lá com o título - disse Anderson, antes de completar:

- O professor Vilar vem nos alertando para mantermos o foco e a dedicação que tivemos em toda a competição pra esse último jogo. A Copa Paulista é muito importante para o São Caetano.

Já Cássio Gabriel, camisa 10 do Nhô Quim e autor de dois gols no primeiro jogo, vive excelente momento no clube e, apesar da derrota, acredita na reversão do quadro. O meia ainda falou sobre a tranquilidade que o time está mantendo para esse jogo apesar da necessidade de vencer a qualquer custo.

- Se fosse uma partida que tivesse jogado mal, com certeza abalaria. Mas, por mais que tenha saído derrotado, nossa partida foi muito boa. Jogou em cima, sufocou o time deles, mas infelizmente saímos derrotados. Creio que se fizer uma partida mais concentrado e dar mais atenção aos detalhes, pode sair de lá vencedor - comentou Cássio.

- Não pode atacar de qualquer jeito por precisar do resultado. E tem que manter tranquilidade. Os nervos estão à flor da pele, muita tensão no ar. Se for a São Caetano de qualquer jeito, pode se complicar ainda mais. A gente cria chances, tem bastante oportunidades. E a chance que tiver tem que concluir em gol - finalizou.