Jogador se defende de acusações e Neymar responde: 'Não tem caráter'

Brasileiro foi expulso após agredir Álvaro González, do Olympique de Marselha. Jogador deixou o campo acusando o defensor espanhol de racismo e se manifestou nas redes sociais

Lance

Lance

Lance

O PSG estreou no Campeonato Francês com derrota para o rival Olympique de Marselha por 1 a 0. Em jogo com cinco expulsões, sendo três do atual campeão, a partida ficou marcada por mais um caso de racismo. E a vítima foi o atacante brasileiro Neymar. O camisa 10 agrediu o zagueiro espanhol Álvaro González após ser chamado de "macaco" e protestou nas redes sociais.

Após a partida e as acusações, o espanhol se defendeu e publicou uma foto em rede social ao lado de jogadores negros do Olympique de Marselha, e afirmou que "não há lugar para o racismo". Além disso, o defensor alfinetou Neymar e disse que "às vezes tem que aprender a perder".

- Não há lugar para o racismo. Carreira limpa e com muitos colegas e amigos no dia a dia. Às vezes você tem que aprender a perder e assumir isso em campo. Incríveis três pontos hoje - escreveu o defensor.

- Você não é homem de assumir teu erro, perder faz parte do esporte. Agora insultar e trazer o racismo pra nossas vidas não, eu não estou de acordo. Eu não te respeito! Você não tem caráter! Assume o que tu fala mermão ... seja homem rapá! Racista - respondeu Neymar.

Por conta da agressão em Álvaro González, Neymar pode pegar até quatro a sete jogos de punição. O brasileiro já está fora da partida contra o Metz, nesta quarta-feira, além de Paredes e Kurzawa, que também levaram vermelho.