Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Joana Sanz nega acordo com Daniel Alves nas redes e acusa ex-marido

Modelo busca concretizar processo de separação do atleta brasileiro preso na Espanha

Lance|

Após separação, Joana Sanz ficou um tempo em Paris
Após separação, Joana Sanz ficou um tempo em Paris Após separação, Joana Sanz ficou um tempo em Paris

Joana Sanz, ex-mulher de Daniel Alves, se manifestou publicamente por meio de uma postagem nas redes sociais sobre possível acordo com o jogador.

A modelo negou a informação de que teria aceitado atrasar o pedido de divórcio para ajudar o atleta no processo de liberação da prisão.

Ela afirmou ainda que a negação do lateral para o divórcio tem atrasado o processo de separação.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

O brasileiro continua preso preventivamente no presídio de Brians 2, em Barcelona, após a acusação de abuso sexual. Daniel teria abusado de uma jovem de 23 anos no banheiro de uma boate no território espanhol. Os advogados do atleta prosseguem na tentativa de conseguir que o cliente responda ao processo em liberdade, e Joana foi apontada como peça do plano de defesa nos últimos dias.

Carta da modelo no Instagram
Carta da modelo no Instagram Carta da modelo no Instagram

"É mentira. Não há acordo. Sim, estamos em processo de divórcio, que ele está recusando, e isso complica tudo. E não, não estou recebendo dinheiro. Não entendo a necessidade de inventar notícias", publicou a modelo.

Publicidade

A informação veio à tona por meio da jornalista Mayka Navarro, da emissora espanhola Telecinco. A comunicadora afirmou que o brasileiro teria feito um acordo com Joana Sanz, para que ela colaborasse em seu processo e não o prejudicasse.

A matéria sustenta que a modelo estaria recebendo dinheiro do jogador para adiar o processo de separação.

Publicidade

Plano da defesa de Daniel Alves

O jogador tenta responder à acusação de abuso sexual em liberdade. Para isso, a defesa se esforça por comprovar que o cliente permaneceria na Espanha, à espera do julgamento. O casamento com uma espanhola comprovaria à Justiça que ele não pretende deixar o território espanhol.

Daniel Alves está preso desde 20 de janeiro, e o Ministério Público do país é contra a soltura do jogador. Em busca da liberdade do atleta, na última semana seus representantes apresentaram um novo recurso e agora aguardam manifestação da corte.

São Paulo deve mais de R$ 50 milhões a ex-jogadores; Daniel Alves é quem mais tem a receber

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.