Lance Guerrero tem recurso na justiça suíça negado e seguirá punido

Guerrero tem recurso na justiça suíça negado e seguirá punido

Atacante do Internacional não teve sucesso na sua última manobra jurídica para se livrar de pena por doping e fica impedido de atuar até 2019

Paolo guerrero no internacional

Recurso de Guerrero na justiça suíça foi negado, e atacante segue sem jogar

Recurso de Guerrero na justiça suíça foi negado, e atacante segue sem jogar

Reprodução/Lance

O atacante peruano Paolo Guerrero seguirá sem poder jogar. Em tentativa de impôr uma nova liminar junto a justiça suíça que o reabilitasse juridicamente a entrar em campo, o pedido foi negado nessa segunda-feira (1) pela Justiça Federal do país europeu.

Veja também: Advogados de Guerrero entram com recurso na justiça da Suíça

A defesa elaborada nesse recurso se baseou essencialmente em uma inspeção feita no hotel em Buenos Aires que, segundo os advogados do atleta, teriam sido responsáveis pela contaminação de um chá ingerido por Paolo. Na amostra responsável pela condenação do jogador de 34 anos de idade, foi encontrado o metabolito benzoilecgonina, elemento também presente na composição da cocaína.

Veja também: Guerrero, Wagner e Maracanã... Veja o que rolou durante a semana

Com isso, Guerrero continuará a cumprir sua suspensão por ter sido flagrado em exame antidoping do dia 5 de outubro de 2017 após Argentina x Peru pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia. A previsão de retorno agora é em abril de 2019.

Além de não poder atuar, o jogador contratado nesse ano pelo Internacional não pode sequer ficar ao lado de seus companheiros no Centro de Treinamento Parque Gigante, em Porto Alegre, para manter a forma física. Por isso, se mantem ativo Lima, capital de seu país-natal.

Suspensão, Copa e nova punição: saiba o desenrolar do caso Guerrero

    Access log