Lance Grêmio leva susto, mas vence o Juventude e dispara na liderança do Gauchão

Grêmio leva susto, mas vence o Juventude e dispara na liderança do Gauchão

Após atropelo do Imortal no primeiro tempo, donos da casa reagem na etapa final, mas não evitam revés para o líder da competição

Lance
Lance

Lance

Lance

Na expectativa de manter os 100% de aproveitamento no Campeonato Gaúcho, o Grêmio teve pela frente nesta quinta-feira o Juventude, pela 6ª rodada, no estádio Alfredo Jaconi. E o Tricolor não decepcionou sua torcida. Ainda na etapa inicial, Bitello, Reinaldo e Bruno Alves chegaram a abrir boa frente para os visitantes, com os mandantes esboçando uma reação ao marcar com Rodrigo Rodrigues e Mandaca, já na etapa final, porém não sendo o suficiente para empatar ou virar o placar, fechando conta em 3 a 2.

Com o resultado, a equipe comandada por Renato Portaluppi chegou aos 18 pontos, abrindo boa vantagem na liderança. Já o time comandado por Celso Roth, por conta do revés, acabou estacionando na 8ª colocação com 6 pontos.

>Confira as últimas movimentações do mercado da bola no LANCE!

Com a bola rolando, o Grêmio não demorou muito para encontrar seu gol antes mesmo dos 5 minutos completados. Após avançar pela direita, Bitello deixou para Pepê que tentou o chute, que acabou virando um passe, para o próprio camisa 39 mandar para o fundo das redes.

E o Tricolor não quis saber de tirar o pé do acelerador. Sendo assim, aos 9 minutos, em nova chegada de Bitello, o atacante entrou na área, dividiu com o marcador e caiu, entretanto, o lance seguiu com a defesa rival paralisada, fazendo com que a sobra ficasse com o lateral Reinaldo que ampliou a contagem em Caxias do Sul.

Com o tempo passando, até meados dos 30 minutos, apesar de algumas investidas por parte dos mandantes, quem ditava o ritmo e as ações em campo eram os gremistas. Em dia inspirado de Bitello, a maioria das jogadas passavam pelos seus pés, dando trabalho ao sistema defensivo do Juzão, que tentava afastar o perigo de sua área do jeito que podia. Já nos momentos finais da etapa, aos 47 minutos, após cobrança de falta, Suárez até chegou a finalizar, sobrando para Bruno Alves deixar o dele, fechando o placar parcial em 3 a 0.

No retorno das equipes para a etapa complementar, ambos os treinadores optaram por mudanças. Pelo lado de Celso Roth, Wesley, Vitinho e Da Rocha foram os escolhidos para entrar, enquanto Renato Portaluppi optou pelas saídas de Bitello e Fábio, dando seus respectivos lugares a Everton Galdino e Thaciano.

E as substituições surtiram efeito para o lado Juventude. Aos 8 minutos, após boa enfiada de bola na frente, Rodrigo Rodrigues mandou por cobertura sobre o goleiro Brenno, descontando no marcador. O tento animou os donos da casa que mantiveram o ritmo em busca de encontrar mais um gol, mas sem sucesso até meados dos 25 minutos.

Até que aos 30 minutos, o Ju mostrou que não estava entregue. Após cruzamento pela direita, Mandaca apareceu para mandar de cabeça fazendo 3 a 2, colocando fogo no jogo. Vendo o rival reagir, Renato resolveu então resolveu reforçar sua defesa com as entradas de Gustavinho no lugar de Luis Suárez, que pouco conseguiu criar na partida, além de Diogo Barbosa no lugar de Gabriel Silva. Tentando diminuir a intensidade do Juventude em campo, o Grêmio passou a controlar mais a posse de bola deixando o tempo correr, além de afastar para longe cada chegada em sua área, táticas que acabaram dando certo até o árbitro encerrar o duelo em Caxias do Sul para alívio da torcida do Imortal.


FICHA TÉCNICA
Juventude 2x3 Grêmio

Data e horário: 09/02/2023 - 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima
Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor e Andre da Silva Bitencourt

Cartões amarelos: David, 18'/1ºT, Jean, 45'/1ºT; Pepê, 28'/2ºT; Diogo Barbosa, 35'/2ºT

Gols: Bitello, 3'/1ºT (1-0); Reinaldo, 9'/1ºT (2-0); Bruno Alves, 47'/1ºT (3-0); Rodrigo Rodrigues, 8'/2ºT (3-1); Mandaca, 30'/2ºT (3-2)

JUVENTUDE: Pegorari; Dani Bolt, Danilo Boza, Felipe Carvalho (Walce, aos 24'/2ºT) e Alan Ruschel (Da Rocha, no intervalo); Jean Irmer (Wesley, no intervalo), Jadson e Mandaca; Emerson Santos (Vitinho, no intervalo), David (Daniel Cruz, aos 12'/2ºT) e Rodrigo Rodrigues. (Técnico: Celso Roth)

GRÊMIO: Brenno; Fábio (Thaciano, no intervalo), Bruno Alves, Kannemann e Reinaldo; Carballo, Pepê e Cristaldo (Thiago Santos, aos 18'/2ºT); Bitello (Everton Galdino, no intervalo), Gabriel Silva (Diogo Barbosa, aos 36'/2ºT) e Luis Suárez (Gustavinho, aos 36'/2ºT). (Técnico: Renato Portaluppi)

Últimas