Lance Galvão Bueno volta a criticar CBF após declaração de Ancelotti: 'Que fase!'

Galvão Bueno volta a criticar CBF após declaração de Ancelotti: 'Que fase!'

Narrador havia feito uma declaração na sexta-feira (29), dia em que o treinador renovou com o Real Madrid

Lance
Lance

Lance

Lance

O narrador Galvão Bueno ainda não esqueceu de sexta-feira (29), que marcou não apenas o primeiro aniversário da morte de Pelé, mas também trouxe a notícia da renovação de contrato de Carlo Ancelotti com o Real Madrid. O técnico italiano estava previsto para assumir a seleção brasileira no meio do ano, de acordo com a CBF.

Galvão expressou sua preocupação com as incertezas e desconfianças que cercam o Brasil, especialmente após a notícia da renovação de Ancelotti. Em suas redes sociais, o narrador escreveu:

- Ancelotti deu entrevista coletiva hoje!! Confirmou contato da CBF, disse que queria continuar no Real Madrid e nunca afirmou que acertou contrato com a seleção!! 2024 já começou e continuamos sem técnico, sem diretor e sem presidente!! Que fase!! - disse Galvão.

No dia em que a notícia da renovação de Ancelotti causou impacto no mundo do futebol, Galvão gravou um vídeo desabafando.

+➡️ Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

- Eu imaginava que fosse um dia para fazer um comentário, falar algumas palavras exclusivamente de lembranças, de saudades e de homenagens a Edson Arantes do Nascimento, Rei Pelé, primeiro e único. Mas os dirigentes do futebol brasileiro, principalmente da CBF, não deixam. Eles simplesmente não deixam. Eles continuam desrespeitando a história da seleção brasileira de futebol - disse.

- Hoje (sexta-feira, 29) saiu a notícia oficial que Carlo Ancelotti renovou com o Real Madrid. Nós temos um presidente interino, um técnico interino e não temos time. Se a gente não sabe quem vai ser o presidente, qual é a escolha de técnico desse presidente? A gente também não sabe qual é o time. É muito difícil fechar o ano assim. Que tenham todos um bom 2024. Pelé, pra você eu poderia dizer desculpe, amigo, perdão - concluiu Galvão.

Últimas