Futebol Willian se emociona ao falar com jovens atletas do Corinthians e familiares: 'Passa um filme'

Willian se emociona ao falar com jovens atletas do Corinthians e familiares: 'Passa um filme'

Jogador foi surpreendido enquanto gravava uma série documental no Parque São Jorge

Lance
Lance

Lance

Lance

O meia Willian, do Corinthians, foi surpreendido e se emocionou bastante na última segunda-feira (7) enquanto gravava uma série documental sobre a sua trajetória no clube alvinegro. Sem saber, o meia do Timão foi convidado a falar com diversos jovens atletas corintianos e os seus familiares no auditório do Parque São Jorge.

As imagens foram registradas pelo videomaker Cris Sevieri e publicadas nas redes sociais do próprio Willian e das categorias de base do Corinthians.

Durante o discurso, o camisa 10 corintiano justificou a emoção pois se disse passando um filme na cabeça desde a sua chegada ao Parque São Jorge, com apenas 10 anos de idade, em 1998. Além disso, o meia ressaltou a importância da família, dizendo que a sua abriu mão de muitas coisas para que ele se tornasse jogador de futebol profissional.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Paulistão
> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros da história do Corinthians

- Eu sei o quanto é difícil e passa um filme na cabeça, porque muitas pessoas acham que nossa vida para chegar até onde cheguei é fácil. Mas não é fácil, meus pais abriram mão de muita coisa para viver esse sonho comigo. Graças a Deus, consegui realizar esse sonho, que era me tornar um jogador profissional - disse Willian.

Quando eu entrei aqui, vi um monte de meninos, com certeza com esse mesmo sonho que eu tive. Por isso acabei me emocionando, porque passei por isso também, atingi e realizei tudo aquilo que eu queria, graças a Deus primeiramente, meu pai, que está aqui, e minha mãe, que não está mais entre nós - acrescentou o jogador.

Em 2006, aos 18 anos de idade, Willian se tornou profissional vestindo a camisa corintiana, deixando o clube no ano seguinte, com apenas 27 jogos disputados e três gols marcados.

Foram 14 anos fora do Brasil, vestindo as camisas do Shaktar Donestsk, da Ucrânia, Anzhi, da Rússia, Chelsea e Arsenal, da Inglaterra. Pela Seleção Brasileira foram duas Copas do Mundo disputadas, 2014 e 2018, e três Copas América, 2015, 2016 e 2019, onde fez parte do elenco campeão.

No segundo semestre do ano passado, Willian retornou ao clube que o revelou para ser um dos protagonistas. O jogador rescindiu amigávelmente o seu contrato com o Aresenal e firmou um vínculo até o fim de 2023 com o Corinthians.

Desde o seu retorno ao Timão foram 16 jogos disputados, um gol marcado e duas assistências. O maior objetivo do camisa 10, que é corintiano de família, é conquistar um título pelo clube do coração, que também foi o responsável por revelar o atleta ao futebol.

Últimas