Futebol Willian condena impunidade após ato racista de torcedor do Boca contra o Corinthians

Willian condena impunidade após ato racista de torcedor do Boca contra o Corinthians

Meia questionou liberação do infrator após pagamento de R$ 3 mil em fiança: 'Até quando?'

Lance
Lance

Lance

Lance

O meia Willian, do Corinthians, condenou um ato racista promovido por um torcedor do Boca Juniors-ARG, durante a derrota do clube argentino para o Timão, na última terça-feira (26), na Neo Química Arena, pela Copa Libertadores.

> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros do Corinthians na história
> TABELA - Confira e simule os jogos da Libertadores
> GUIA - Tudo sobre o Corinthians na Libertadores

O jogador corintiano também questionou o fato de Leonardo Ponzo, autor do crime, ser liberado da detenção, onde passou a madrugada, após pagar R$ 3 mil de fiança.

Como o adepto do Boca Juniors foi enquadrado no crime de injuria racial, ele teve o pagamento da fiança previsto pelo artigo 140 de Código Penal, que atenta também a pena de um a três anos de reclusão em situações como essa.

- Isso é uma piada, um ato de racismo vale 3 mil reais. Até quando? – questionou Willian através das redes sociais, compartilhando uma foto publicada por um amigo de Ponzo, Nicolás Garay, junto com Leonardo, minutos após a soltura do colega, com os dizeres ‘aqui não se passou nada’ e a figura de um macaco.

Willian Corinthians sobre racismo contra o Boca

Willian Corinthians sobre racismo contra o Boca

Lance

Willian questinou impunidade de torcedor do Boca racista (Foto: Reprodução/Instagram Willian)

Leonardo Ponzo foi detido justamente após imitar um macaco em direcionamento a torcedores corintianos.

Willian também publicou o registro em vídeo do ato do torcedor argentino e inseriu o questionamento ‘Até quando?’.

Em resposta a nota oficial de repúdio do Corinthians sobre o caso, o Boca Juniors também se manifestou contrariamente a situação e afirmou que medidas internas serão estudadas contra o infrator.

Em campo, o Timão venceu os Xeneizes por 2 a 0, com dois gols de Maycon, e assumiu a liderança do grupo E na Libertadores.

Torcedor do Boca Juniors Sendo Preso

Torcedor do Boca Juniors Sendo Preso

Lance

Leonardo Ponzo (foto) foi preso durante o intervalo de Corinthians e Boca (Foto: Alex Silva / LANCEPRESS!)

Últimas