Futebol Vital não é o único! Corinthians espera outras sondagens ao elenco

Vital não é o único! Corinthians espera outras sondagens ao elenco

Timão tem uma meta orçamentária para venda de jogadores e crê que algumas peças do elenco passarão a ser alvos do mercado externo nas próximas semanas

Lance
Lance

Lance

Lance

Na última terça-feira, o LANCE! revelou uma sondagem do Panathinaikos, da Grécia, por Mateus Vital, que pode deixar o Corinthians. No entanto, essa não deve ser a única saída de jogadores alvinegros para o mercado externo. Os dirigentes, aliás, aguardam por interessados por outras peças do elenco e ninguém, neste momento, é inegociável, já que isso faz parte do planejamento.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Relembre a estreia de grandes jogadores do Corinthians na última década

Segundo publicado pelo GE e confirmado pela reportagem, a meta corintiana é vender R$ 90 milhões em atletas até o fim do ano. Valor esse que consta no orçamento do clube para 2021. Dessa forma, é interessante que interessados, sondagens e ofertas pintem na mesa da diretoria do Timão, principalmente neste momento em que as principais janelas estrangeiras estão abertas.

Apesar da negociação por Mateus Vital ser, a princípio, por empréstimo, o valor economizado com salários e a possibilidade de vender o meia ao término do contrato com o Panathinaikos, são fatores que agradam ao Corinthians. No entanto a prioridade é fazer dinheiro com transferências em definitivo.

Vital já era uma peça vista com potencial para o mercado externo e sua saída tende a ser encaminhada em breve. Restam outros nomes que podem render bons valores financeiros ao Timão, como Lucas Piton, que constantemente recebe consultas do futebol italiano e tem passaporte comunitário, ou seja, não seria um estrangeiro na Europa. Além disso, tem apenas 20 anos de idade.

Nomes como Raul Gustavo e João Victor, ambos zagueiros, também jovens e com bastante potencial, são alguns dos que devem despertar o interesse estrangeiro em breve. Rodrigo Varanda, por exemplo, é outra joia com status de possível venda para fora do país, mas está em vias de ser negociado com o Red Bull Bragantino, clube com o qual o Timão tem conversas avançadas.

Nem mesmo Gustavo Mosquito, destaque da equipe na temporada, é considerado inegociável. Claro que a proposta precisa ser muito boa para que seja autorizada uma venda. No entanto, para a diretoria corintiana, antes de abrir mão do atacante, um nome que agradaria ao futebol europeu é o de Léo Natel, transferência que poderia adiar a despedida de Mosquito.

A política de austeridade do clube desde o início do ano, que cortou gastos no departamento e cerca de R$ 4,5 milhões da folha salarial, permitiu a contratação de Giuliano e Renato Augusto, além de sonhar com Roger Guedes. No entanto, a previsão de venda de jogadores foi algo que não mudou. Será preciso negociar peças do elenco para equilibrar as contas deste ano.

Últimas