Futebol Vendas de Malcom no futebol europeu renderam R$ 7,6 milhões ao Corinthians em 2020

Vendas de Malcom no futebol europeu renderam R$ 7,6 milhões ao Corinthians em 2020

Valores representam mecanismos de solidariedade pagos por Barcelona (ESP) e Zenit (RUS)

Lance
Lance

Lance

Lance

Segundo o balanço financeiro do Corinthians divulgado na última sexta-feira (26), as transações do atacante Malcom, revelado pelo Timão, do Bordeaux (FRA) para o Barcelona (ESP) e posteriormente ao Zenit (RUS), entre 2018 e 2019, renderam ao clube do Parque São Jorge R$ 7,6 milhões na última temporada.

>> Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos

Os valores representam o chamado Mecanismo de Solidariedade, onde a equipe formadora tem direito a percentuais nas negociações em relação as suas pratas da casa.

Em 2016, o Corinthians venceu Malcom para o Bordeaux (FRA) por 5 milhões de euros (pouco mais de R$ 20 mi à época), No ano seguinte, o Timão negociou os 15% que ainda detinha dos direitos do atacante por mais 4,5 milhões de euros (R$ 16 mi).

Agora, o clube paulista embolsou R$ 4,7 milhões vindo do Zenit, que tirou o jovem do Barcelona no segundo semestre de 2019 por 40 milhões de euros (R$ 167,7 mi à época) , e R$ 2,9 milhões do Barça, que adquiriu o ex-corintiano por 41 milhões de euros (R$ 179 mi na ocasião), em 2018.

Ainda que tenha visto essas entradas, Corinthians fechou 2020 com deficit de R$ 123,3 milhões e acumula dívida total próxima de R$ 1 bilhão.

Pelo Timão, Malcom jogou duas temporadas no time profissional, entre 2014 e 2015, ano que foi campeão brasileiro. No total, fez 70 jogos e marcou 10 gols.

Últimas