'Uma questão de ética', diz Fernando Diniz após vitória do São Paulo

Técnico do São Paulo diz que não se preocupa com a situação das outras equipes e faz o que acha melhor para o seu time. Vitória na Vila Belmiro ajudou o Corinthians a se classificar

Lance

Lance

Lance

Fernando Diniz deu de ombros para as críticas à decisão de escalar os reservas do São Paulo na partida contra o Guarani, neste domingo. Mesmo sem os titulares em campo, a equipe venceu por 3 a 1 na Vila Belmiro e acabou ajudando o Corinthians, que disputava uma vaga nas quartas de final do Paulistão com o Bugre e acabou avançando após vencer o Oeste por 2 a 0.

- Eu nem recebi as críticas, para falar a verdade. Em mim não chegou nada, essa correspondência não era para mim. Coloquei o melhor time possível para o São Paulo jogar hoje, o que foi provado pelo resultado do jogo e pela maneira como a equipe se comportou. A gente tem que cuidar do São Paulo, a gente não tem nada a ver com as outras equipes. A gente faz o melhor para o São Paulo. Isso é uma questão de ética e respeito ao futebol, respeito à vida. A gente fez o que era melhor para o São Paulo e vai continuar fazendo sempre -disse o treinador.

A Independente, maior torcida organizada do clube, fez críticas nas redes sociais após a vitória são-paulina. De acordo com as mensagens publicadas no Twitter da torcida, "futebol é malandragem" e o "Paulistão virou obrigação". Já Diego Lugano, ídolo do clube atual superintendente de relações institucionais, usou as redes sociais para dizer que "grandeza se mede pela conduta". Em sua conta oficial, o Tricolor também exaltou a "essência" de "honrar a camisa e lutar em todos os jogos".

O São Paulo está classificado para as quartas de final e, como terminou em primeiro de seu grupo, receberá o Mirassol no Morumbi. A Federação Paulista ainda confirmará se este duelo será quarta ou quinta-feira.

Veja outras respostas de Fernando Diniz na Vila:

ANÁLISE DO JOGO
A análise é bastante positiva no que diz respeito à entrega dos jogadores, à intensidade. Tivemos algumas dificuldades táticas na marcação, super normais pelo tempo de paralisação e por ser uma equipe que recebe menos informações táticas do que a que tem jogado. Mas muitos jogadores conseguiram jogar bem. A gente fez três gols, poderia ter feito mais. É bem verdade também que o Volpi fez defesas importantes, mas no aspecto principal, da intensidade, da vontade de vencer, a equipe foi muito bem.

MORUMBI FAZ DIFERENÇA MESMO SEM PÚBLICO?
Importante (jogar no Morumbi), é nossa casa, onde a gente gosta de jogar. O torcedor faz muita falta, fica uma sensação muito estranha para quem está jogando, ainda mais depois daquele jogo contra a LDU, que deixou um gosto gostoso.

ALGUÉM SE TORNOU CANDIDATO A UMA VAGA NO TIME?
Todos são candidatos a serem titulares, absolutamente todos. Faz parte da minha vida procurar colocar sempre os melhores. Esses jogadores têm treinado bem e me sinto seguros para escalá-los a qualquer momento.

MIRASSOL
O Mirassol começa por uma grande administração, tem uma estrutura ótima, investe no futebol. Tem grande treinador. Infelizmente eles perderam jogadores, mas a gente tem que esperar certamente um jogo muito difícil. É uma equipe organizada.