Tuchel diz que PSG está pronto para final e descarta 'grandes mudanças'

Em coletiva às vésperas da decisão da Liga dos Campeões, treinador alemão admite que não fará muitas mudanças na equipe e ressalta força do Bayern, rival deste domingo

Lance

Lance

Lance

O Paris Saint-Germain não terá muitas mudanças para enfrentar o Bayern de Munique neste domingo, às 16h (horário de Brasília), em Lisboa. Na coletiva realizada neste sábado, o treinador Thomas Tuchel ressaltou a dificuldade da decisão e frisou que o time não passará por modificações profundas.

- Vai ser muito difícil. Sabemos que o Bayern venceu todos os seus jogos e é uma equipe muito forte. Mas sempre há espaços e soluções a serem encontradas. Agora não é hora para grandes mudanças - destacou.


A dúvida que permanece é sobre a participação de Keilor Navas, que continua em tratamento de uma lesão na coxa e foi desfalque na semifinal diante do RB Leipzig. Sergio Rico foi escolhido na ocasião para assumir a meta. O volante Marco Verratti deve ser novidade na decisão.

- A lesão de Marco não foi muscular, então o risco não é grande, é apenas uma questão de dor. Ele tem capacidade de jogar 120 minutos? Não, com certeza. Vou decidir amanhã (domingo) se ele será titular ou não - afirmou.

Tuchel ainda citou as recorrentes participações do Bayern de Munique em finais, mas destacou a confiança do Paris Saint-Germain.

- O Bayern já chegou a 11 finais, eles estão habituados, é um grande clube mas isso não é uma grande vantagem. É um grande desafio para a gente, mas nós estamos confiantes também - finalizou.