Futebol Tuchel celebra decisão da Uefa em não excluir Chelsea da Champions: 'Merecemos estar nas semifinais'

Tuchel celebra decisão da Uefa em não excluir Chelsea da Champions: 'Merecemos estar nas semifinais'

Treinador da equipe inglesa diz que permanência no torneio continental é justa pelo trabalho feito dentro de campo e afirma que equipe continuará jogando da mesma forma

Lance
Lance

Lance

Lance

Antes da partida contra o Real Madrid pela ida das semifinais da Champions League, o técnico Thomas Tuchel, do Chelsea, celebrou a permanência do clube inglês na competição continental. Em meio à criação da Superliga Europeia, a Uefa chegou a ameaçar de excluir os clubes que iniciaram o movimento, mas recuou.

+ Veja a tabela da Champions League


- Era uma hipótese. Merecemos estar nas semifinais, como o Real Madrid. Não importa a decisão política ou a camisa que você veste. Fomos muito bem, e assim como todos que conquistaram a vaga na semifinal. Se houver problemas políticos, eles têm que de resolvidos nesse nível e não em uma competição como esta - disse o comandante dos Blues.

+ Semana Europeia: Matheus Pereira e Nunes são chaves e Paquetá vacila feio

A respeito da partida, Thomas Tuchel disse que sua equipe não terá nenhuma estratégia mirabolante e que seguirá o roteiro do que vem dando certo ultimamente.

- Devemos ser nós mesmos, essa é a estratégia. Confie em você mesmo, em seus pontos fortes e faça as coisas que te deixam confiante. Felizmente, não pensamos demais e exageramos. Não devemos esperar coisas malucas de nós, mas o mesmo ao mais alto nível. Tivemos jogos difíceis, jogos importantes, por isso sentimos que é um bom momento para disputar este jogo. Queremos jogar com fome - concluiu.

Últimas