Futebol TRT extingue ação de bloqueio de R$ 100 milhões das contas do Flamengo movida pelo MPT

TRT extingue ação de bloqueio de R$ 100 milhões das contas do Flamengo movida pelo MPT

Após dois anos, desembargadores rejeitam - por unanimidade - ação cautelar para garantir indenizações das vítimas da tragédia do Ninho do Urubu

Lance
Lance

Lance

Lance

Na manhã desta terça-feira, a 9ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho rejeitou - por unanimidade - o recurso do Ministério Público do Trabalho que pedia o bloqueio preventivo de R$ 100 milhões do Flamengo. O objetivo processo movido pelo MPT era salvaguardar indenizações de vítimas e funcionários atingidos pelo incêndio no Ninho do Urubu.

+ BH no topo e Pedro apenas em 16º: confira a lista dos jogadores mais utilizados por Ceni no Flamengo

A decisão, por 3 votos a a 0, foi pela extinção da ação. Fernando Antonio Zorenon da Silva, Antonio Carlos Azevedo Rodrigues e Ivan Costa Alemão foram os desembargadores que participaram da sessão. No Twitter, o vice-presidente jurídico e vice-geral do Flamengo, Rodrigo Dunshee, comunicou o resultado do julgamento desta manhã.

- Hoje, o Tribunal do Trabalho decidiu rejeitar o recurso interposto pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e, assim, manter a decisão de extinção da ação que objetiva bloquear milhões do Fla para garantir indenizações, mas o Fla já tratou e trata disso direto com as famílias.

+ Ainda dá para o Fla? Confira a tabela completa do Brasileirão

O caso ainda pode ganhar outros capítulos, uma vez que o Ministério Público do Trabalho ainda vai analisar novo recurso ou se ingressa com outra ação - uma principal, não a cautelar.

Últimas