Futebol Trote em Jefté, Ganso 'verdadeiro' 9 e discurso de Danilo Barcelos: os bastidores da vitória do Fluminense

Trote em Jefté, Ganso 'verdadeiro' 9 e discurso de Danilo Barcelos: os bastidores da vitória do Fluminense

Tricolor bateu o Madureira por 4 a 1 no último domingo, em partida válida pela última rodada da Taça Guanabara

Lance
Lance

Lance

Lance

Com um time praticamente todo reserva, o Fluminense venceu o Madureira por 4 a 1 no último domingo, no Maracanã, pela 11ª rodada da Taça Guanabara. O resultado garantiu a segunda posição ao Tricolor, que agora encara a Portuguesa na semifinal do torneio, já no fim de semana. No vestiário, o clima leve dos titulares se manteve com os reservas, que tiveram Raúl Bobadilla com o grupo pela primeira vez.

> ATUAÇÕES: Gabriel Teixeira sai do banco e concretiza virada do Fluminense

Na parte das brincadeiras, Ganso afirmou que fará uma tatuagem de seu rosto em Abel Hernández, já que o uruguaio tem o número 10 já. Já na garotada, Jefté, relacionado pela primeira vez no profissional, precisou passar pelo tradicional trote e teve o cabelo raspado. A bateria da máquina, porém, acabou antes do esperado e o jovem apareceu com apenas metade do "trabalho" feito. Durante a partida ele usou uma touca para esconder.

- Infelizmente não consegui escapar dessa - brincou o jovem.

Veja a tabela do Campeonato Carioca

Flu

Flu

Lance

Jefté teve uma parte do cabelo raspado (Imagem: Reprodução/FluTV)

Antes de os jogadores entrarem em campo, Danilo Barcelos liderou a roda e motivou os companheiros. O Fluminense volta a entrar em campo já nesta quarta-feira, em confronto com o Independiente Santa Fe, na Colômbia, pela segunda rodada da Libertadores.

- Nosso objetivo é ser campeão. Todo jogo é importante. Cada minuto dentro de campo. Neste campeonato quase todos participaram, senão todos, até os meninos do Sub-23. Imagina como será boa essa conquista, com todos tendo uma parcela. Esse jogo é importantíssimo pela sequência, jogo de três em três dias. Não cai na dúvida que não tem gente importante aqui não, todos são. Hoje é dia de mostrar porque estamos aqui e porque temos a oportunidade. Vamos fazer bonito e levar uma vitória para a semana que temos - falou o lateral.

Após a vitória, Ganso e Yago Felipe brincaram que agora o meia é o "verdadeiro" camisa 9, já que uma das posições que ele pode atuar é como um "falso" 9. O jogador marcou o terceiro gol da partida e ainda deu a assistência para Gabriel Teixeira fechar a contagem. O jovem, inclusive, comemorou o golaço, mas o veterano disse que o "deixou" marcar.

- Tinha o espaço todo aberto para chutar, mas falei "vou deixar ele fazer o gol", aí passei para ele. Se não eu faria mais um gol. Como sou solidário dei para ele - zoou Ganso.

Últimas