Futebol Tratamento Intenso: Rodrigo Nestor segue em tratamento nas férias e deve voltar ao São Paulo a tempo para a Libertadores

Tratamento Intenso: Rodrigo Nestor segue em tratamento nas férias e deve voltar ao São Paulo a tempo para a Libertadores

Herói do título da Copa do Brasil, o meia se recupera de uma lesão no ligamento do joelho esquerdo

Lance

O fim de ano é cheio de corredores e vestiários praticamente vazios no CT da Barra Funda. Mas Rodrigo Nestor é presença frequente por lá. O meia abriu mão das férias para seguir o tratamento da lesão no ligamento colateral do joelho esquerdo e da desinserção do menisco, dois problemas sofridos durante um treinamento em novembro. Recentemente, postou um vídeo de um trabalho na academia, em que apareceu com a perna esquerda ainda imobilizada.

➡️ Tudo sobre o Tricolor agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! São Paulo

A expectativa é de que o herói do título da Copa do Brasil esteja à disposição e já na ativa para a estreia na Libertadores. O calendário divulgado recentemente pela Conmebol prevê o início da fase de grupos para a primeira semana de abril. A presença dele na Supercopa do Brasil, contra o Palmeiras, em 3 de fevereiro está descartada.

A previsão de recuperação para a lesão de Nestor é de quatro meses. Como o meia passou por cirurgia ainda em novembro, há tempo hábil até para que ele retorne ainda antes aos gramados e comece a readquirir ritmo de jogo. O clube, porém, trata o retorno do jogador com cautela e evita dar um prazo para que ele volte a atuar.

CONFIRA AS DATAS DA COPA LIBERTADORES 2024:

Fase pré-libertadores 1: 07/02 e 14/02 Fase pré-libertadores 2: 21/02 e 28/02 Fase pré-libertadores 3: 6/03 e 13/03 Rodada 1 da fase de grupos: 03/04 Rodada 2: 10/04 Rodada 3: 24/04 Rodada 4: 08/05 Rodada 5: 15/05 Rodada 6: 29/05 Oitavas: 14/08 e 21/08 Quartas: 18/09 e 25/09 Semifinal: 23/10 e 30/10 Final: 30/11

COMO FOI A LESÃO DE NESTOR?

Nestor machucou o joelho esquerdo durante um treino às vésperas da vitória por 1 a 0 sobre o Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro, em 8 de novembro. Três dias antes, no domingo (5), o volante sofreu uma entorse no local. Mais tarde, um exame médico confirmou a lesão no ligamento medial colateral do joelho esquerdo, além de uma desinserção do menisco. Ele passou por cirurgia no local no dia 8 de novembro e logo iniciou a recuperação nas dependências do clube.

LESÃO FOI PONTO BAIXO DE NESTOR NA TEMPORADA EM QUE FOI HERÓI

A lesão no joelho veio justamente na reta final de uma temporada em que Nestor se eternizou na história do São Paulo. Antes alvo de críticas e até de ameaças por parte da torcida, o meia soterrou tudo isso ao marcar o gol do título inédito da Copa do Brasil para o Tricolor, no empate em 1 a 1 com o Flamengo, no Morumbi, em um domingo, 24 de setembro eterno para os são-paulinos. Virou o herói da conquista também por ter dado assistência para Calleri marcar o gol da vitória por 1 a 0 no duelo de ida, no Maracanã.

– A história era para ele. Que ele merece mais do que qualquer pessoa fazer o gol. Depois de tudo que ele passou aqui. Para coroar com o gol do empate para a gente ser campeão – disse o zagueiro e companheiro desde os tempos de Cotia, Lucas Beraldo, em entrevista dentro do gramado do Morumbi após a conquista.

O meia mudou de patamar. Tanto, que o São Paulo esperava faturar com uma possível venda na próxima janela de transferências. Além do protagonismo pelo título, o clube vê a versatilidade de Nestor como trunfo no mercado de transferências. O atleta costuma atuar aberto pela esquerda com Dorival Júnior, mas pode fazer todas as funções do meio-campo. O que pesa “contra” o atleta é a idade, já um pouco mais avançada dentro dos parâmetros do que as equipes europeias prospectam no Brasil. O jogador tem 23 anos de idade.

O Tricolor pediria entre 10 e 12 milhões de euros por Rodrigo Nestor. A cifra gira em torno de R$53,3 milhões e R$63,96 milhões. Com a lesão, as possibilidades de saída esfriaram. O meia atuou em 54 jogos em 2023, com dois gols marcados e sete assistências.

Últimas