Futebol Trabalhadores denunciam Qatar por falta de pagamento de salário

Trabalhadores denunciam Qatar por falta de pagamento de salário

Copa do Mundo tem início marcado para o próximo dia 20 de novembro

Lance
Lance

Lance

Lance

Faltando 19 dias para o início da Copa do Mundo, um grupo de trabalhadores denunciam que não receberam salários por seus trabalhos no Qatar. De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), mais de 34 mil reclamações foram registradas entre outubro de 2021 e outubro de 2022.

- As principais causas das reclamações dizem respeito ao não pagamento de salários e benefícios de rescisão, e férias anuais não concedidas ou pagas.

> Veja a tabela da Copa do Mundo

Ainda segundo a OIT, 66,5% dessas reclamações foram resolvidas fora da justiça e 30,7% nos tribunais. Em 84% dos casos, o juiz concordou com o trabalhador que atuou nas obras para a realização da Copa do Mundo no país árabe.

Além da questão salarial, as condições de trabalho no Qatar foram questionadas durante todo o ciclo do Mundial. De acordo com a OIT, 50 trabalhadores morreram e mais de 500 ficaram gravemente feridos no Catar somente em 2021. Já segundo o "The Guardian", o número de mortos chega a 6500 pessoas de diversos países.

Últimas