Futebol Tiquinho Soares prevê gols no Botafogo: 'Se a bola pintar estarei sempre bem posicionado para fazer'

Tiquinho Soares prevê gols no Botafogo: 'Se a bola pintar estarei sempre bem posicionado para fazer'

Atacante foi apresentado pelo Botafogo e destacou vontade de querer defender o clube

Lance
Lance

Lance

Lance

Tiquinho Soares é do Botafogo. O jogador foi apresentado pelo clube na tarde desta quarta-feira no Estádio Nilton Santos. Em entrevista coletiva, o novo camisa 9 justificou que a chegada ao Glorioso não foi complicada.

+ Botafogo: Tiquinho superou Bruno Fernandes e Luís Díaz em conversão de gols em Portugal

- Já tinha a proposta há praticamente um mês atrás e eu tinha demonstrando o interesse. É uma decisão fácil porque é um clube enorme. Quando surgiram os boatos a galera já começa a mandar mensagem e você começa a sentir confiante, porque você se sente feliz. Agarrei essa oportunidade - afirmou.

Tiquinho é um atacante de área e chega com a missão de comandar o sistema ofensivo do Alvinegro. O atacante 'bateu no peito' e assumiu a responsabilidade.

- Falei uma entrevista atrás, o que a torcida pode esperar de mim é sempre raça e me entregar de corpo e alma ao clube e aos meus companheiros, tentar de todas as formas me entregar. Isso nunca vai faltar. É um clube de uma expressão gigantesca. Podem esperar de mim muita força e muita garra. Se a bola pintar para mim estarei sempre bem posicionado para fazer os gols - garantiu.

O jogador de 31 anos passou vários anos em Portugal e já jogou contra Luís Castro durante a carreira.

- Já tinha atuado contra o nosso treinador. As equipes dele são boas, ele está fazendo um bom trabalho, sabe o que está fazendo, as equipes dele gostam de jogar, gostam de ter a bola. Eu jogo onde ele quiser. Estou aqui para somar, onde ele precisar de mim estarei disposto a somar, sempre - contou.

MAIS DECLARAÇÕES DE TIQUINHO SOARES

Chegada
- Primeiramente estou muito feliz de vestir essa camisa do Botafogo, estou muito motivado.

Elenco
- A gente tem bons jogadores, o elenco é bastante grande. A gente passa por um período mais ou menos, eu acho que trabalhando com os companheiros, todo mundo junto, a gente sempre quer o melhor para o Botafogo, a gente vai sempre querer marcar gols. Vamos trabalhar bem, trabalhar mais, tenho certeza que a situação vai mudar muito rápido.

Vestir a camisa 9
- É uma responsabilidade muito grande, sei o tamanho dessa camisa, os jogadores que atuaram com ela. Estou bastante confiante, de representar esse grande clube. Tenho certeza que vai dar tudo certo, a responsabilidade é muito grande.

Por que é chamado de Tiquinho
- Sobre o apelido, a minha mãe quando me teve eu era bem pequeno e tinha uma vizinha que quando chegava lá em casa ela perguntava onde estava o tiquinho e ficou aí. Estou muito feliz com esse apelido (risos).

História de vida
- É mais uma história de tantos jogadores. Cada um tem uma história, as vezes é boa... No meu caso eu nasci no interior de Sousa, lá no interior do sertão. Meu pai é pedreiro, eu fui servente, trabalhava no matadouro, me orgulho disso, se não fossem essas batalhas que tive antes não estaria aqui. Fui jogar futebol mesmo em Natal no Palmeiras das Rocas, depois América-RN, aí fui para o Sul e bati em todos os lugares. Estou muito feliz com a minha trajetória.

Características
- Eu sou um cara de área, um 9, não gosto de ficar preso, gosto de sair um pouco, gosto de ter um pouco de liberdade, mas não longe. Gosto de cabecear, é minha principal característica, e tenho um bom remate. Sou um cara brigador, não tem bola perdida comigo.

Experiência
- O clube tem muitos jogadores jovens e essa experiência a gente vai tentando ajudar no dia a dia. Apesar da idade quero aprender bastante com os companheiros e o treinador.

Carreira
- Tiveram muitas passagens teoricamente pequenos, mas que me ajudaram a crescer como pessoa e isso eu agradeço a todos os clubes que passei. Tive boa passagem pelo futebol europeu. Chegar num clube de tamanha grandeza como o Botafogo, voltando depois de muito tempo... Não tenho muita experiência no futebol brasileiro, mas acho que estou preparado para esse novo desafio, focado na minha voltado, tratando todos os dias, estou muito feliz mesmo, espero logo logo esteja treinando com meus companheiros e, se Deus quiser, estrear com gol.

Últimas