Tio de Marcinho, Oswaldo de Oliveira torce para lateral ficar no Botafogo

Treinador opinou sobre o processo de renovação do sobrinho com o Glorioso e revelou a preferência para que o jogador permaneça mais tempo em General Severiano

Lance

Lance

Lance

Com passagem pelo Botafogo nas temporadas 2012 e 2013, o técnico Oswaldo de Oliveira opinou sobre o processo de renovação de Marcinho com o Glorioso. O treinador é tio do lateral-direito de 23 anos, que se recupera de cirurgia no joelho e vive um impasse para ampliar o vínculo com o clube com prazo final de dezembro.

– Marcinho é craque, não tenho a menor dúvida disso. Não à toa foi convocado. A Seleção Brasileira se informa e busca, se ele foi lá é porque tem capacidade muito grande de amadurecer e se tornar grande jogador. Contusões atrapalharam muito a sequência da carreira dele. Minha expectativa é que se recupere e não fique esse vulcão, isso se resolva. Não é porque meu sobrinho não, é craque. Gostaria que ficasse no Botafogo – afirmou Oswaldo, em entrevista ao "Canal do TF", na última quarta-feira.

Revelado no Botafogo, Marcinho está no time profissional do clube desde 2017. Em 2020, não chegou a entrar em campo, em razão de uma lesão no joelho durante a pré-temporada. O jogador foi submetido a uma cirurgia e segue em recuperação no Departamento Médico.

A renovação do vínculo do atleta com o Botafogo tem sido um assunto complicado para o Comitê Gestor de Futebol do clube. O dirigente Carlos Augusto Montenegro, um dos principais nomes da cúpula responsável pelas decisões do esporte, admitiu recentemente que a pedida salarial alta tem sido o grande obstáculo para a permanência do lateral-direito em General Severiano.