Thiaguinho comemora sequência no Botafogo: 'Já me sinto em casa'

Novo titular desde a saída de João Paulo, meio-campista recém-contratado afirma que já está entrosado com os outros jogadores e que está leve por pressão de substituir o volante

Lance

Lance

Lance

Thiaguinho chegou na atual janela de transferências ao Botafogo, mas parece já estar ambientado ao clube. Com a saída de João Paulo, o atleta, recém-contratado por empréstimo junto ao Corinthians, assumiu a vaga de titular na equipe de Alberto Valentim. Nesta quinta-feira, o voltante comemorou a sequência em entrevista coletiva no hotel-fazenda China Park, em Domingos Martins, na região serrana do Espírito Santo.

- Sem dúvidas, para mim foi bastante positivo. A perda do João foi bastante sentida, mas para a vida e carreira dele a transferência foi muito boa. Particularmente, foi bom para me dar continuidade. Meu entrosamento está 100%, todos me acolheram bem, já me sinto em casa, foi muito rápida a adaptação. - afirmou.

Apesar de entrar entrado no lugar de João Paulo, considerado um dos líderes do elenco alvinegro, Thiaguinho despista sobre uma possível pressão de substituir o ex-camisa 5, a caminho do Seattle Sounders-EUA.

- Não é bem uma responsabilidade, eu estou chegando agora, para isso tem o Carli, o Benevenuto, todos eles blindam bastante sobre isso, então estou leve, estou fazendo o meu papel - comentou.

Apesar da responsabilidade, Thiaguinho classifica a equipe do Botafogo como preparada para superar as duas derrotas nas primeiras rodadas do Campeonato Carioca.

- Estou me sentindo pronto. Não só eu como toda a equipe. Estamos fazendo um trabalho muito forte, a estrutura aqui (no China Park) nos deu isso de estar bem já agora contra o Macaé e, por isso, foi motivo de termos ficado aqui mais um pouco - completou.

MAIS ASPAS DE THIAGUINHO:

Estreia no Carioca
- Espero bastante entrega, como vocês estão vendo no dia a dia dos treinamentos, bastante jogadas. Intensidade nesse início não vai faltar.

Pressão no Carioca
​- O mais positivo possível, temos que ter calma, colocar a cabeça no lugar e fazer o que a gente vem fazendo aqui que não é nada demais. É fazer o que a gente sabe, não inventar, tirar coelho da cartola.

Alberto Valentim
- O trabalho dele é bastante intenso, é um cara que gosta de marcar alto, gosta de atacar, não gosta de ficar esperando os outros times, é bem incisivo.