Futebol Técnico do Fluminense na Copinha, Caio Couto projeta estreia: 'Encarar como uma decisão'

Técnico do Fluminense na Copinha, Caio Couto projeta estreia: 'Encarar como uma decisão'

Tricolor estreia diante do São Raimundo, na quarta-feira (3)

Lance
Lance

Lance

Lance

Treinador do Fluminense na Copinha, Caio Couto revelou o desejo em conquistar a competição, mas alertou para a maneira como sua equipe precisa encarar o torneio. O comandante também fez questão de ressaltar a importância de uma boa estreia.

- Temos que encarar a Copinha jogo a jogo. A partir de boas atuações e resultados positivos, teremos a certeza de que estamos no caminho certo e vamos crescer na competição. É fundamental enxergar a estreia como primeira decisão, o que requer máxima concentração e foco, para que se consiga um bom desempenho.

➡️ Tudo sobre o Tricolor agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Fluminense

Caio Couto também afirmou que um clube como o Fluminense precisa pensar sempre em títulos, mas enfatizou o discurso do "jogo a jogo". O Tricolor é o segundo maior campeão do torneio com cinco troféus conquistados.

- O Fluminense, como grande clube e formador de talentos, pensa sempre em títulos. Mas é preciso ser inteligente e viver passo a passo. Temos os pés no chão e, primeiramente, vamos em busca da classificação para a segunda fase. Depois, estudando os adversários e buscando as melhores estratégias, evoluiremos jogo a jogo.

O Fluminense chega em São Paulo na segunda-feira (1) e tem estreia marcada para quarta-feira (3) contra o São Raimundo-RR.

CONFIRA OUTRAS RESPOSTAS DE CAIO COUTO:

ADVERSÁRIOS DA FASE DE GRUPOS

- São Raimundo-RR e Lagarto-SE são equipes tradicionais de seus Estados, inclusive com participação na Copa do Brasil Sub-20. Têm nosso total respeito. Nosso último adversário, o São Carlense-SP, conta com um projeto muito qualificado e faz um excelente trabalho. Será, certamente, outro grande rival. Sabemos que devemos dar nosso melhor em todos os confrontos.

RETORNO AO FLUMINENSE

- Gosto de desafios. Estar de volta ao Fluminense é, para mim, desafiador, principalmente em um grande ano como o de 2023. Assim temos a certeza de que a metodologia de trabalho do clube busca sempre a vitória. Está no nosso DNA. Estou feliz e leve com a oportunidade de vestir mais uma vez a camisa tricolor.

ELENCO

- Temos um elenco, em relação à faixa etária, abrangente, mas bastante qualificado. Desde o goleiro, nascido em 2004, a jogadores de 2007. Alguns, inclusive, tiveram poucas oportunidades ao longo de 2023. Fomos nos conhecendo e trabalhando forte, então tenho certeza de que eles darão seu máximo para representar o Fluminense da melhor maneira possível.

ESTILO DE JOGO

- Além, obviamente, de conteúdos pertinentes, procuro passar aos atletas minha experiência, inclusive na parte emocional. Estamos dando tranquilidade para que realizem o trabalho com alegria e coragem, certos de que farão seu melhor. Eles são jogadores do Fluminense, têm capacidade, então, através de um jogo propositivo e de posse, devem se divertir jogando.

Últimas