Futebol Técnico Cuca tem ótimo retrospecto contra argentinos na Libertadores

Técnico Cuca tem ótimo retrospecto contra argentinos na Libertadores

Treinador tem quase 70% de aproveitamento contra times argentinos na Libertadores e na campanha do título pelo Atlético-MG passou por um time do país vizinho nas semifinais

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Cuca defende um ótimo retrospecto contra argentinos na Copa Libertadores. O treinador esteve no comando do São Paulo, Cruzeiro, Atlético Mineiro e Santos na competição. Entre partidas válidas por fase de grupos e até semifinal, Cuca enfrentou equipes da Argentina 13 vezes entre 2004 até hoje. Foram oito vitórias, três empates e apenas duas derrotas, um aproveitamento de 69,2%.

Em 2004, Cuca eliminou o Rosário Central nas oitavas de final de forma dramática. Foi derrotado por 1 a 0 no jogo de ida, venceu por 2 a 1 a volta e, na decisão por pênaltis, o São Paulo avançou para as quartas da competição por 5 a 4. Voltou a comandar uma equipe na Libertadores só em 2011, com o Cruzeiro. Ele enfrentou o Estudiantes na fase de grupos e venceu os dois duelos.

Supersticioso, Cuca conta com uma ótima lembrança de um confronto contra time argentino nas semifinais da Copa Libertadores. Em 2013 foi campeão da competição pelo Atlético Mineiro e duelou com argentinos na fase de grupos e na semifinal. Venceu o Arsenal nos dois jogos da fase de grupo pelo mesmo placar (5 a 2) e enfrentou outro argentino nas semifinais. Perdeu para o Newell's por 2 a 0 na Argentina, mas venceu a volta por 2 a 0. A decisão foi para os pênaltis e o Atlético-MG avançou para a final ao vencer por 3 a 2. Na sequência, Cuca conquistou seu único título na Libertadores.

No comando do Palmeiras, Cuca enfrentou argentinos na fase de grupos da competição em dois anos seguidos. Em 2016, empatou em 3 a 3 com o Rosário Central, equipe carrasca nas oitavas quando estava no São Paulo. Já em 2017 venceu o Tucumán por 3 a 1. Outro capítulo dramático, mas com o Santos em 2018. Apesar dos empates sem gols nas oitavas, o Peixe foi eliminado após punição aplicada pela Conmebol pela escalação irregular de Carlos Sanchéz.

Nesta edição, Cuca enfrentou apenas um argentino até agora. Venceu o Defensa e Justicia por 2 a 1, de virada na Vila Belmiro ainda pela fase de grupos. Santos e Cuca voltam a enfrentar um gigante argentino na semifinal. O Peixe vai até a Bombonera na quarta-feira (6), às 19:15 horas (Brasília), pegar o Boca Juniors no primeiro duelo da semifinal.

Confira os duelos do Cuca contra argentinos:

06/05/2004 - Rosário 1 x 0 São Paulo (Oitavas de Final - ida)

12/05/2004 - São Paulo 2 x 1 Rosário (Oitavas de Final - volta)

17/02/2011 - Cruzeiro 5 x 0 Estudiantes (Fase de Grupos)

14/04/2011 - Estudiantes 0 x 3 Cruzeiro (Fase de Grupos)

27/02/2013 - Arsenal FC 2 x 5 Atlético-MG (Fase de Grupos)

04/04/2013 - Atlético-MG 5 x 2 Arsenal FC (Fase de Grupos)

04/07/2013 - Newell's 2 x 0 Atlético-MG (Semifinal - ida)

11/07/2013 - Atlético-MG 2 x 0 Newell's (Semifinal - volta)

07/04/2016 - Rosário 3 x 3 Palmeiras (Fase de Grupos)

25/05/2017 - Palmeiras 3 x 1 Tucumán (Fase de Grupos)

22/08/2018 - Independiente 0 x 0 Santos (Oitavas de Final - ida)

29/08/2018 - Santos 0 x 0 Independiente (Oitavas de Final - volta)

21/10/2020 - Santos 2 x 1 Defensa y Justicia (Fase de Grupos)

Últimas