Futebol Sylvinho acredita que elenco do Corinthians pode 'performar mais'

Sylvinho acredita que elenco do Corinthians pode 'performar mais'

Alinhado com a diretoria, treinador entende que não terá investimento para reforçar o plantel corintiano, por isso busca a evolução das peças que tem em mãos

Lance
Lance

Lance

Lance

O técnico Sylvinho entende o momento financeiro delicado do Corinthians, que dá pouca munição para investimentos ao elenco, mas admite que o material que tem em mãos pode apresentar mais resultados.

– Em relação a composição do elenco, vamos continuar trabalhando sério. Estamos bem alinhados com a diretoria, sabemos o material que temos pode fazer mais, o material que temos em casa é para fazer mais, performar mais e buscar resultados. Nós vamos buscar solução – disse em entrevista coletiva virtual após o resultado negativo.

>> Confira a tabela da Copa do Brasil e veja os jogos do Timão
>> Baixe o novo app de resultados do L!

No comando corintiano há dois jogos, o novo treinador vem de duas derrotas, ambas para o Atlético-GO, na Neo Química Arena, uma pelo Brasileirão e outra pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Nos dois jogos, a escalação corintiana não teve centroavantes. No último domingo (30), o time teve Gustavo Mosquito atuando mais por dentro, já nesta quarta-feira (2), com a entrada de Araos no meio-campo, quem foi o atleta mais próximo da área foi Luan.

– No último jogo o Gustavo (Mosquito) não era um centroavante, ele tem menos mobilidade que o Luan e mais profundidade. A ideia hoje era cobrir esse espaço com o Luan, ter mais mobilidade e ter a profundidade do Gustavo pela direta, que foi muito boa no segundo tempo do jogo anterior – explicou Sylvinho.

No entanto, pela Copa do Brasil, o Dragão saiu na frente com dois gols nos 20 primeiros minutos de jogo, que enfraqueceu bastante a estratégia corintiana e garantiu a vitória atleticana por 2 a 0.

– A partir daí você tem uma estratégia, com 10 minutos toma um gol, com 20 toma outro, o adversário baixa as suas linhas 20 metros mais e as jogadas individuais ficam muito difíceis, que nós queríamos, com o Gustavo (Mosquito) e (Mateus) Vital, dos dois lados, mas ficaram muito difícil, pois eles tinham que fazer a jogada com dois atletas, o lateral e o externo, do lado contrário, e isso dificulta muito mais. A estratégia cai um pouco.

Corinthians e Atlético-GO se reencontram na próxima quarta-feira (9), às 21h30, dessa vez no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Antes, o Timão troca a chave e pensa no Brasileirão, onde enfrenta o América-MG, neste domingo (6), às 16h, em Belo Horizonte.

Últimas