Futebol Susto, testes e ingressos: Corinthians chega a final da Copa do Brasil com 'sangue no olho'

Susto, testes e ingressos: Corinthians chega a final da Copa do Brasil com 'sangue no olho'

Elenco está fechado para não cometer erros da Libertadores e fazerem valer o mando de campo na decisão

Lance
Lance

Lance

Lance

É o jogo da vida, e o Corinthians, definitivamente, não está para brincadeira. Chegou o dia em que o torcedor corintiano tanto sonhou neste ano: a final da Copa do Brasil, contra o Flamengo.

+ Corinthians e Flamengo decidem a Copa do Brasil: confira os valores das premiações fase a fase até o título

E no clube todos sabem da importância da partida desta quarta-feira (12). Por conta da partida de ida ser na Neo Química Arena, o Timão sabe que não ganhará o título no primeiro confronto, mas pode perder. Por isso que o time está engajado para entrar com a faca entre os dentes.

O elenco corintiano está completamente fechado no objetivo de ser campeão e sabe que, para isso, não poderá repetir os erros que cometeu no encontro diante do mesmo Fla, nas quartas de final da Libertadores, em agosto.

O diagnóstico da comissão técnica é que a classificação foi comprometida pela falta de atenção.

É consenso entre o estafe de Vítor Pereira que o Corinthians conseguiu ser competitivo durante cerca de 30 minutos no encontro pela Liberta, mas viu o time se perder completamente quando sofreu o primeiro gol, muito por conta da desatenção dos atletas que pararam no lance pedindo um toque de mão do meia João Gomes no início da jogada.

RIVALIDADE COM OS FLAMENGUISTAS

Soma-se ao foco em busca do título e a eliminação para o Flamengo na Libertadores há dois meses, a rivalidade do Timão com o clube carioca tem aflorado nas semanas que antecederam à final. E o principal motivo foi a venda de ingressos para o torcedor visitante.

+ Confira a tabela da Copa do Brasil e simule os jogos decisivos entre Corinthians e Flamengo

O Fla foi irredutível em cobrar R$ 400 dos corintianos no jogo de volta, no estádio do Maracanã, que acontece na quarta-feira que vem (19), e ignorou todas as investidas da direção do Corinthians em conversar e buscar um consenso para reduzir o valor.

A situação irritou a cúpula do Timão, que ‘virou o jogo’ cobrando o mesmo preço dos flamenguistas na arena e usará a arrecadação com os cariocas para compor o pagamento dos corintiano no Maracanã e, assim, cobrar apenas R$ 90 da sua torcida em relação aos 3.800 ingressos disponíveis aos corintianos no jogo de volta.

NÃO ASSUSTA, GIGANTE!

Para piorar a apreensão corintiana para a final, o goleiro Cássio deu um susto em todos ao sofrer um trauma no pé no empate do Timão com o Juventude na terça-feira passada (4).

Cássio - Corinthians

Cássio - Corinthians

Lance

Cássio brilhou em um dos momentos altos do Timão em 2022: a classificação às quartas de final da Libertadores, contra o Boca Juniors, na Argentina (Foto: Staff Images/Conmebol)

Internamente existia um temor de fratura, o que nunca aconteceu e o goleiro foi tratado e se recuperou rapidamente, sendo somente preservado do duelo contra o Furacão, no último fim de semana.

Cássio treinou normalmente, com bola, participando integralmente dos treinamentos do Corinthians desde segunda-feira (10).

ENTRE INTERROGAÇÃO E EXCLAMAÇÃO

O principal ponto de dúvida do técnico Vítor Pereira nas últimas semanas foi a ala direita.

Gustavo Mosquito era o preferido do treinador para a função, pela capacidade de explorar o um contra um e também fechar os espaços defensivos, em uma possível linha de cinco jogadores defensivamente. Porém, o camisa 19 foi mal nos jogos que antecederam a decisão

Adson foi titular e teve boa atuação no último compromisso corintiano, contra o Athletico-PR, no último sábado (8), pelo Campeonato Brasileiro. Ainda assim, o garoto não tem as características que o treinador português espera nessa decisão. Quando está em campo, o camisa 28 se torna quase um quarto homem do meio-campo, mas sem a principl qualidade esperada para um atleta compor o setor em um jogo grande contra o Flamengo: fechar a marcação central o tempo todo.

Com isso, o nome de Ramiro ganhou força e ele pode ser a grande surpresa na escalação corintiana na decisão. Vítor Pereira gosta muito do vigor físico e entrega do atleta até mesmo nos treinamentos e vê no camisa 17 a possibilidade de preencher o meio-campo.

Ramiro - Corinthians

Ramiro - Corinthians

Lance

Ramiro voltou de empréstimo no segundo semestre e pode jogar a decisão da Copa do Brasil (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

O técnico português não costuma muito promover atividades com times titulares e reservas definidos. Ele vai girando esqueletos de time durante os treinos diários com intuito de que todos os atletas estejam preparados e entrosados quando foram escolhidos para serem titulares ou entrarem durante a partida.

Ainda assim, nos últimos dias Ramiro veio entrando em situações que mais pareciam esboços e experiências visando a final. Ele tem boas chances de ser titular.

Últimas