Futebol Setor concorrido e poucos minutos: Gabriel tem pouco espaço no São Paulo

Setor concorrido e poucos minutos: Gabriel tem pouco espaço no São Paulo

Volante uruguaio é o sexto jogador de linha com menos tempo em campo na temporada. Com contrato de empréstimo até dezembro, jogador tem poucas chances de ficar

Lance
Lance

Lance

Lance

Esta temporada não vem sendo boa para o volante Gabriel no São Paulo. Contratado com muita expectativa na temporada passada, o jogador, que chegou praticamente junto com Calleri, um dos destaques da equipe, não vem tendo espaço com Rogério Ceni, ficando de fora até mesmo dos relacionados nas últimas três partidas.

TABELA
> Veja tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Alguns motivos explicam o pouco tempo em campo. Um deles é a concorrência no setor. O meio-campo foi bastante reforçado neste ano, com as chegadas de Andrés Colorado, Patrick e o recém-chegado André Anderson.

Sendo assim, Gabriel só atuou em 187 minutos na temporada, ficando abaixo apenas de Luan (132), Toró (119), Nathan - que já foi emprestado - (45), Caio (30) e André Anderson, que fez sua estreia contra o Flamengo e jogou 15 minutos.

Para se ter uma ideia, o jogador não foi relacionado nas últimas três partidas do São Paulo na temporada: Athletico-PR, Everton-CHI e Flamengo. Seu último jogo foi diante do Ayacucho, quando entrou no segundo tempo e atuou por 29 minutos. Ele não começa uma partida como titular desde o dia 13 de fevereiro, contra a Ponte Preta, na vitória por 3 a 2.

Emprestado peo Nacional-URU até dezembro deste ano, com valor de compra fixado, Gabriel tem futuro incerto na temporada. Ele tem mais uma chance de pelo menos figurar entre os relacionados nesta quarta-feira (20), quando o São Paulo encara o Juventude, às 19h30, fora de casa, pela Copa do Brasil.

Últimas