Schalke faz seu pior returno da história. Mas o técnico está em alta

Entenda o que leva um dos três gigantes do futebol alemão, que não vence há 15 rodadas  e só despenca na tabela, a prestigiar e renovar o contrato com o seu treinador 

Lance

Lance

Lance

Uma pergunta vem sendo feita no futebol alemão: como é possível o técnico David Wagner, do Schalke, um dos gigantes do país e que soma dois empates e seis derrotas desde o retorno da pandemia (e que não fez o seu time vencer nas últimas 15 rodadas), seguir totalmente prestigiado pela diretoria?

A pergunta voltou a ser feita após o time ser surrado em casa, por 4 a 1, pelo Wolfsburg, e seguir despencando na tabela (foi quinto, está em décimo segundo). Mais. Esta campanha é o pior segundo turno da história do centenário Schalke, quarto maior vencedor do futebol alemão, dono da terceira maior torcida e um dos 25 clubes mais ricos do mundo.

E a resposta vem dos dirigentes: Wagner que teve o contrato prorrogado até 2022, é considerado um top de linha e não vem dando sorte, pois o Schalke, desde o retorno do futebol, vem jogando praticamente com seu time de reservas (os desfalques variam de oito a dez por jogo).

O diretor esportivo Jochen Schneider comentou:

- Wagner é um bom treinador. Se ele tem um bom time à sua disposição, ele permite um bom jogo de futebol.


No fim da nova surra, Wagner disse:

- É claro que é difícil para um ou outro jogador nessa situação de fracassos permanecer mentalmente forte. Mas os meninos tentam. Por isso, continuarei apoiando esse jovem time - disse o técnico, que só perde, mas segue cheio de moral.