Futebol Saudades, Nação? Flamengo vive seu maior intervalo sem jogos nos anos 2000

Saudades, Nação? Flamengo vive seu maior intervalo sem jogos nos anos 2000

Por conta da pandemia do coronavírus, o futebol brasileiro está paralisado e o Rubro-Negro não entra em campo desde o dia 14 de março. São 60 dias sem ver o Flamengo jogar

Lance
Lance

Lance

Lance

A Nação está com saudades de ver o Flamengo em campo. Afinal, nesta quarta, completam-se 60 dias da última partida do time de Jorge Jesus. Foi no dia 13 de março, contra a Portuguesa pelo Campeonato Carioca já no vazio Maracanã por conta do coronavírus. Com o agravamento da situação no país, o futebol está paralisado desde então e o Rubro-Negro vive seu maior intervalo sem jogos nos anos 2000. E, por ora, não há perspectiva de que a bola volte a rolar logo.

Nestes últimos meses, o departamento médico do Flamengo empenhou-se em avaliar os cenários e estudar as alternativas, e o clube se vê preparado para retornar aos treinos no CT do Ninho do Urubu, respeitando os protocolos de segurança e de combate à Covid-19. Contudo, é preciso a autorização dos órgãos governamentais e de Saúde para que as atividades sejam retomadas.

A
té esta situação atípica, causada pela pandemia, o maior período sem partidas do Flamengo desde 2000 havia sido entre 17 de novembro de 2002 e 12 de janeiro de 2003. 56 dias separaram o empate em 2 a 2 com o Guarani, pelo Brasileiro, e a vitória por 2 a 0 sobre a Seleção de Resende, em jogo amistoso.

É justamente neste hiato entre o fim de uma temporada e o início da seguinte, com o Campeonato Carioca ou jogos preparatórios, que a Nação costuma ficar mais tempo sem ver o time do Flamengo entrar em campo e a saudade bate.

Últimas