Futebol Santos escolhe vender dupla de titulares para equilibrar contas

Santos escolhe vender dupla de titulares para equilibrar contas

Dinheiro ajudaria orçamento de 2024, mas a concretização das negociações depende da decisão final somente da próxima gestão

Lance
Peixe faz ótimo segundo turno, mas ainda luta para não cair no Brasileirão

Peixe faz ótimo segundo turno, mas ainda luta para não cair no Brasileirão

Lance

O Santos sabe que a próxima temporada não será de tranquilidade na parte financeira. Com isso, para fechar contas e honrar compromissos, o clube pretende vender o atacante Marcos Leonardo e o zagueiro Joaquim.

A dupla titular do técnico Marcelo Fernandes é bem avaliada no mercado, e os jogadores são os que possuem maior potencial de lucro do atual elenco. Apesar da análise interna ser de necessidade das saídas, as decisões finais ficarão com a próxima gestão, que será eleita em 9 de novembro e assume em janeiro de 2024.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu Whatsapp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

MARCOS LEONARDO

O atacante foi considerado a "galinha de ovos de ouro" do Peixe algumas vezes em 2023. Marcos Leonardo recebeu, de fato, diversas sondagens e propostas para deixar o Santos. Ele chegou a ser considerado como uma venda certa na metade do ano.

Porém, os valores apresentados pelos interessados não foram dos mais altos. O Santos lutou para mantê-lo, apesar do sonho europeu do atacante. A razão para a briga pela permanência de Marcos Leonardo também foi o momento delicado do time, que até hoje luta contra o rebaixamento no Brasileirão. O Alvinegro julgou que não poderia perder seu melhor jogador.

Os ativos escolhidos para venda foram Ângelo e Deivid Washington, que acertaram com o Chelsea, da Inglaterra. Assim, o Peixe ganhou respiro no ano e conseguiu segurar Marcos Leonardo. No entanto, uma das condições para ele ficar foi a nova promessa de saída na próxima janela de transferências. Uma futura negociação é tida como praticamente certa.

JOAQUIM

Destaque da defesa na temporada, o zagueiro foi comprado por quase R$ 17 milhões neste ano e chama atenção do exterior. Os interessados são especialmente do futebol da Rússia, e a tendência é que cheguem ofertas em dezembro e janeiro para o jogador deixar a Vila Belmiro.

Com a intenção de ganhar ainda mais respiro em 2024, o Santos também deve contar com o dinheiro da venda de Joaquim. Ainda não foram apresentadas propostas oficiais, segundo revelado pelo diretor Alexandre Gallo na última semana, em entrevista concedida no evento do sorteio dos grupos do Paulistão.

Se chegarem ofertas com bons valores por Joaquim, a maior possibilidade é que o Santos aceite negociá-lo.

MAS...

Oficialmente o Santos não dá andamento no planejamento do time para 2024. Isso porque o Peixe está em período eleitoral, e as decisões da gestão do presidente Andres Rueda precisam passar por aprovação do Conselho Deliberativo.

A análise de pessoas dentro do clube é que as saídas de Marcos Leonardo e Joaquim ajudarão o Alvinegro a se manter minimamente saudável. Inclusive, a observação é que contratar um substituto para o centroavante, por exemplo, seria uma irresponsabilidade financeira, até porque o atual elenco já contaria com as peças de reposição necessárias.

Mesmo assim, todas as ordens finais cabem à próxima gestão, que será eleita no dia 9 de dezembro.

- O Departamento de Futebol do Santos FC informa que o planejamento do elenco do time profissional aguardará a eleição do novo presidente, marcada para o dia 9 de dezembro. A prioridade é o processo eleitoral. Além disso, o foco é total para as partidas decisivas do Campeonato Brasileiro 2023 - comunicou o Santos, através de nota oficial na semana passada.

Últimas