Futebol Rueda apresenta contas e alerta Conselho sobre situação do Santos

Rueda apresenta contas e alerta Conselho sobre situação do Santos

Peixe terá de cortar despesas e não tem como investir em grandes contratações

Lance
Lance

Lance

Lance

O Conselho do Santos se reuniu na noite desta segunda-feira para, entre outras coisas, aprovar o novo organograma do clube. O encontro, no entanto, ficou marcado pela explanação da situação financeira do clube pelo presidente Andrés Rueda, que deixou os conselheiros em estado de alerta.

>> Confira a tabela atualizada do Campeonato Brasileiro

De acordo com Rueda, o Santos teve de pagar mais de R$ 7 milhões de impostos atrasados apenas neste início de 2021. Pouco mais de R$ 3 milhões eram de parcelas atrasadas do Profut, que poderiam gerar a exclusão do Peixe do programa de refinanciamento de dívidas dos clubes com a União.

Na apresentação, Rueda deixou claro que o clube deve demorar a resolver os problemas financeiros, que a situação pode se agravar com punições nos casos Barcelona-Gabigol e Cueva e destacou mais uma vez a necessidade de redução de despesas. Ao DIÁRIO, ele afirmou que precisava cortar em cerca de 30% a folha salarial do clube.

O presidente também explicou o bloqueio das cotas de TV pelo não pagamento da última parcela do acordo com a Doyen, que o prazo para cobrar judicialmente o Barcelona pela não realização do segundo amistoso previsto na venda de Neymar expirou e destacou a necessidade de vender outros jogadores nesta temporada para melhorar o fluxo de caixa do Santos.

Últimas