Futebol Rival do Fluminense na Copinha, Imperatriz-MA conta com um 'talismã' para confiar em vaga antecipada

Rival do Fluminense na Copinha, Imperatriz-MA conta com um 'talismã' para confiar em vaga antecipada

Treinador da equipe maranhense estava à frente de surpresa da Copa do Brasil em 2022. Duelo do Cavalo de Aço com os tricolores ocorre...

Lance
Lance

Lance

Lance

A busca por quebrar paradigmas e ganhar notoriedade no futebol brasileiro dita a saga do Imperatriz na atual Copa São Paulo de Futebol Júnior. Adversária do Fluminense nesta sexta-feira (6), às 17h15, no Estádio Joaquinzão, pela segunda rodada do Grupo 19, a equipe do Maranhão entra em campo com uma leve vantagem: o saldo de gols superior.

+ MERCADO DA BOLA: veja as movimentações no seu time de coração

A equipe colorada goleou por 3 a 0 o Taubaté em sua estreia, enquanto os tricolores fizeram 1 a 0 no Porto Vitória-ES. Quem vencer assegura a vaga antecipadamente. Para o confronto de logo mais, os maranhenses contam com a vivência de quem conhece a trilha para o posto de sensação: o técnico Danilo Brito.

+ Lucas Lima, Pato e outros... Veja 15 jogadores brasileiros famosos sem time

No início de 2022, Brito levou o Tuntum, que à época tinha oito meses de existência, a uma histórica classificação para fase seguinte da Copa do Brasil. Cerca de um ano depois, ele aceitou a missão de assumir as categorias de base do Cavalo de Aço.

- Nós, enquanto treinadores, pensamos sempre no melhor para que a gente possa alavancar a nossa carreira. Veio essa oportunidade muito boa do Imperatriz, principalmente, diante desse desafio que teríamos pela frente. A Copa São Paulo é uma competição que dá visibilidade, como acontecerá nesse desafio diante do Fluminense - detalhou ao LANCE!.

Estar em uma Copa São Paulo de Futebol Júnior não é algo inédito para o comandante, que iniciou sua carreira com iniciação esportiva.

- Embora estivesse há quatro, cinco anos no futebol profissional, disputei a competição treinando o Moto Club. Quando vi que era o Imperatriz, uma camisa pesada do nosso estado, para uma Copinha da categoria, não pensei duas vezes. Tinha que dar essa contribuição - afirmou.

SABEDORIA PARA ACALMAR OS ÂNIMOS

Danilo Brito

Danilo Brito

Lance

Danilo Brito comandou o Tuntum, que surpreendeu o Volta Redonda na Copa do Brasil (Gabriel Dias / SIP

O retorno às categorias de base vem trazendo uma adaptação à forma como Danilo Brito lida com os jovens das categorias de base.

- A linguagem deles é diferente. Esta geração tem suas características e precisamos entender para dialogar com eles - constatou.


Aos seus olhos, é fundamental que o elenco do Imperatriz consiga acalmar os ânimos quando entrar em campo. Porém, o técnico reconhece que há alguns obstáculos.

- A ansiedade vem duplicada, né? Primeiro, por jogar a Copa São Paulo. O sonho da maioria que tenta uma carreira no futebol é disputar a Copinha. Depois, com o decorrer dos jogos. Estreamos bem diante do Taubaté, mas no começo do jogo, tivemos muito nervosismo - afirmou.

Volante e capitão do Imperatriz, Gil admitiu que esse confronto com o Fluminense vem "mexendo" com os ânimos.

- Confesso que estou um pouco ansioso, pela importância e grandeza do que esse jogo significa para mim, para o Imperatriz e para os meus companheiros, ainda mais sabendo que o Fluminense é uma equipe muito qualificada. Sabemos que vai ser uma partida muito difícil, mas a nossa equipe está muito focada - assegurou.

O jovem exaltou a forma como o técnico Danilo Brito vem organizando a equipe na campanha da Copinha.

- O treinador Danilo Brito e sua comissão são excelentes profissionais e seres humanos, vêm contribuindo bastante com sua experiência nesse processo de evolução - disse.

O tom de gratidão tem marcado seu discurso ao falar da Copinha.

- Primeiramente, agradeço a Deus por tudo que está acontecendo na minha vida, agradeço aos meus pais e à minha família por sempre me apoiarem e agradeço a todos os envolvidos. O Imperatriz, toda a diretoria e comissão...

Em meio à busca pela visibilidade, Gil falou sobre o desafio de ser o capitão da equipe.

- É muita responsabilidade. Você não só tem que ter uma liderança, como também tem que ser exemplo. Precisa ter capacidade de inspirar, de influenciar de maneira positiva e sempre tentar ajudar os companheiros - afirmou.

HORA DE 'APRONTAR'?

Imperatriz-MA Copinha

Imperatriz-MA Copinha

Lance

Busca do Cavalo de Aço é por vaga antecipada (Foto: Caíque Toledo)

A equipe maranhense chega bastante motivada para enfrentar o Tricolor das Laranjeiras. O técnico Danilo Brito dimensionou o quanto o Imperatriz era preterido antes de a bola rolar.

- Quando chegamos em são paulo, sabíamos que éramos um time que ia correr por fora. Estávamos a par da força do Fluminense e, inclusive, do Porto Vitória, que é bem estruturado. Vi em um blog que nos chamavam de azarão. Só que nós tínhamos convicção do que podíamos realizar - e acrescentou:

- Acompanhamos isso durante a Copa do Mundo. Através de um jogo bem organizado, de forma reativa ou propositiva, uma equipe pode surpreender. Nos apoiamos a isso. E, claro, os meninos vêm nos ajudando muito com seu trabalho - complementou.

+ Flamengo recebe proposta por goleiro, São Paulo anuncia zagueiro argentino… o Dia do Mercado!


O volante Gil abordou o grau de expectativa dos jovens acerca da competição.

- Como todos sabemos, a Copinha é a Copa do Mundo da categoria de base. Estou muito feliz e grato por tudo. Vejo a Copinha como uma oportunidade única - completou.

Enquanto isso, Danilo Brito tenta, agora na base, voltar a ser um "talismã" de uma equipe que surpreende um adversário tradicional. O comandante do Imperatriz é taxativo ao projetar o duelo de logo mais pela Copa São Paulo de Futebol Júnior.


- Mesmo diante dessa força que o Fluminense tem, tentaremos surpreender e sonhar com a classificação. Sabemos que eles tentarão nos empurrar contra o nosso campo. Mas buscaremos aproveitar as carências dele para surpreender e tentar a vitória - assegurou.

Últimas