Futebol Richardson comemora vitória do Kashiwa Reysol, se diz feliz e quer permanecer no Japão

Richardson comemora vitória do Kashiwa Reysol, se diz feliz e quer permanecer no Japão

Meio-campista que atuou pelo Ceará no Brasil conseguiu placar positivo pelo clube japonês do Kashiwa Reysol

Lance
Lance

Lance

Lance

O Kashiwa Reysol conquistou uma boa vitória diante o Vissel Kobe, de Andrés Iniesta, na última segunda (9), pelo placar de 2 a 1, fora de casa. O triunfo marcou a segunda vitória seguida da equipe na competição e começa a dar margem para o clube se distanciar do rebaixamento. Já a derrota colocou fim a sequência de 2 meses sem perder do Vissel Kobe entre partidas de liga e copa.

Veja a tabela do Francês

Com 23 jogos na temporada, o versátil atleta brasileiro soma 1.495 minutos de jogo na temporada. Vivendo a terceira temporada no clube, Richardson fez a sua partida de número 91 pela equipe japonesa, onde chegou em 2019, após atuar, também, por 3 anos no Ceará.

- É um momento muito importante pra mim, pois tenho a confiança da diretoria, comissão técnica, dos meus companheiros e da torcida. Ter tempo de jogo é fundamental para nós jogadores, principalmente pra adquirir o ápice de confiança e preparo físico. Quero continuar ajudando o clube e conquistar nossos objetivos - disse o brasileiro.

Com contrato até o fim de dezembro deste ano, o brasileiro de 29 anos, se diz feliz no Japão e quer permanecer no país onde chegou em janeiro de 2019. Na primeira temporada no clube, Richardson foi peça importante para o título e acesso do Kashiwa Reysol no Campeonato Japonês da segunda divisão.

- Estou feliz aqui. Me adaptei bem a cultura do país e o futebol aqui também é muito competitivo. Temos uma liga com ótimos jogadores e os clubes se reforçam cada vez mais e melhor. Isso é muito importante para a cultura do futebol no Japão - finalizou o jogador.

Últimas