Futebol Retorno de João Paulo ao gol do Santos pode gerar dúvidas na cabeça de Cuca

Retorno de João Paulo ao gol do Santos pode gerar dúvidas na cabeça de Cuca

Menino da Vila conquistou titularidade após saída de Éverson e lesão de Vladimir, mas a perdeu após ficar afastado por Covid-19

Lance
Lance

Lance

Lance

João Paulo retornará ao gol do Santos no duelo contra o Flamengo, neste domingo (13), às 16h, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio do Maracanã, já que o técnico Cuca levará equipe reserva para o confronto. No entanto, será a oportunidade do arqueiro santista retornar à titularidade depois de perder o posto para John.

João iniciou a temporada como terceira opção pra a meta santista, que tinha Éverson, atualmente no Atlético-MG, como titular e Vladimir como reserva. Na retomada pós-pandemia do futebol, o então dono do gol do Peixe acionou o clube judicialmente, pedindo a rescisão unilateral do seu contrato, por conta de pendências financeiras, perdendo no Judiciário e, posteriormente, sendo negociado com o Galo, Já a opção imediata, sofreu uma lesão no dedo mínimo do pé direito, após cinco jogos na titularidade.

Caiu, portanto, a vaga de dono da meta do Alvinegro no colo de João Paulo, que aos 25 anos de idade já integrava o elenco profissional do clube há cinco temporadas. João Paulo, literalmente agarrou as oportunidades. Foram 25 jogos disputados, caindo nas graças dos torcedores que passaram a chama-lo de João Paulo III, em alusão ao Papa João Paulo II.

No entanto, após o empate em 1 a 1 contra o Red Bull Bragantino, no estádio Nabi Nabib Chedid, pela 20ª rodada do Brasileirão, o Santos teve a baixa de João Paulo, que foi diagnosticado com o novo coronavírus logo após a partida. John, outra cria do Peixe, aproveitou a oportunidade e, de quarto goleiro, superou o seu companheiro e assumiu o gol santista, fazendo boas partidas e colocando JP no banco de reservas.

Agora, sete partidas depois, João Paulo terá a oportunidade de colocar um grande ponto de interrogação na cabeça do técnico Cuca, e por que não, do preparador de goleiros Arzul, que tem bastante autonomia em relação as decisões sobre a meta do Santos, até porque o camisa 34 não deixou o time titular por deficiência, mas por ter que se isolar por conta da contaminação a Covid--19.

Devido o jogo decisivo, pela volta das quartas de final da Libertadores, contra o Grêmio, na próxima quarta-feira (16), na Vila Belmiro, o o Peixe que irá a campo contra o Rubro-Negro será reserva e terá João Paulo de volta à titularidade, nem que seja ao menos na tentativa de reconquistá-la.

Últimas