Futebol Renato diz que 'faria tudo de novo' no Flamengo e critica jornalistas: 'Estão misturando política com futebol'

Renato diz que 'faria tudo de novo' no Flamengo e critica jornalistas: 'Estão misturando política com futebol'

Renato Gaúcho deixou o Rubro-Negro por ser demitido logo após a derrota na final da Libertadores do ano passado

Lance
Lance

Lance

Lance

Demitido do Flamengo logo após a derrota na final da Libertadores de 2021, Renato Gaúcho falou as suas primeiras palavras públicas depois da mudança. Em entrevista à "Rádio Gaúcha", disse não se arrepender de suas escolhas e postura ao longo da passagem pelo clube carioca.



- Não me arrependo de nada de ter feito e faria tudo de novo do jeito que foi. O Flamengo estava disputando três competições e não tínhamos tempo para treinar. A cada dia estávamos disputando uma competição e sempre uma decisão.

Além disso, Portaluppi, que está sem clube desde que deixou o Flamengo, sublinhou a pressão na função que exercia e ainda criticou jornalistas por "misturarem política com futebol".

- Todo mundo sabe a pressão que é trabalhar lá. Faria tudo o que eu fiz nesse tempo todo. As pessoas gostam ou não de você. Infelizmente hoje em dia alguns jornalistas estão misturando política com futebol. Essa é a realidade. A pessoa não está mais preocupada com o trabalho e, sim, se você tem o candidato que ela apoia, se não ela te ataca. Estou falando agora, e vocês sabem disso. Está acontecendo com o próprio Neymar. Alguns jornalistas não estão sendo profissionais - completou.

> Veja a tabela do Cariocão

Com Paulo Sousa a comandar a sua terceira partida, o Flamengo volta a campo nesta quinta-feira, quando enfrenta o Audax, às 19h, no Estádio Raulino e em duelo válido pela 5ª rodada do Campeonato Carioca.

Últimas