Futebol Renato Augusto admite queda do Corinthians após final, mas valoriza vaga direta na Libertadores

Renato Augusto admite queda do Corinthians após final, mas valoriza vaga direta na Libertadores

Meia do Timão também falou sobre a permanência de Vítor Pereira e uma possível convocação para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo

Lance
Lance

Lance

Lance

Após perder os últimos dois jogos do Corinthians por um desconforto muscular, Renato Augusto voltou a atuar pela equipe alvinegra na vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, no Maracanã, pela 35ª rodada do Brasileirão. O camisa 8, que entrou no segundo tempo da partida, reconheceu a queda de rendimento após o vice da Copa do Brasil.

+ Fagner passou Rivellino! Veja os 10 jogadores com mais partidas pelo Corinthians

- Olha, eu confesso que eu acho que baixei muito pós Copa do Brasil. Era a nossa grande chance de título no ano e realmente ali acho que o grupo de uma forma geral acabou baixando um pouco. Mas o futebol não te dá tempo para ficar lamentando, você não consegue curtir a vitória e nem lamentar a derrota, pois você já tem jogo daqui a dois dias de novo. Então, foi difícil por todas as circunstâncias que eu falei… ter a taça na mão e ela sair pelos dedos - disse o meia na zona mista.

+ Veja tabela e simule a reta final do Campeonato Brasileiro

Apesar do baque, Renato valorizou a conquista da vaga direta à fase de grupos da Libertadores, e fez um balanço da temporada do Timão.

- Era o nosso objetivo pós Copa do Brasil, a vaga direta. Acho que hoje matematicamente classificado… foi um ano de altos e baixos, então a gente teve dificuldade em alguns momentos mas conseguimos recuperar. A perda da Copa do Brasil realmente doeu um pouco, principalmente pelo jogo que a gente fez, o título estava na nossa mão. Mas terminamos o ano de um forma boa, classificados. Agora restam três e depois planejar o próximo ano - ponderou.

Roni e Renato Augusto - Flamengo x Corinthians

Roni e Renato Augusto - Flamengo x Corinthians

Lance

Roni e Renato agradecendo o apoio da Fiel no Maracanã (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

PERMANÊNCIA DE VÍTOR PEREIRA

Com a vaga na fase de grupos da Libertadores garantida, a única pendência no Corinthians nesta reta final envolve o futuro de Vítor Pereira. Na coletiva, o auxiliar Filipe Almeida despistou sobre a permanência de VP, e Renato Augusto enfatizou que o elenco não pode pensar se ele irá ou não ficar, e sim buscar subir na tabela do Brasileirão.

- Planejamento é muito de acordo com o presidente, diretoria. A gente ainda está terminando a temporada, ainda com três jogos a fazer, então nosso pensamento não pode ser pensar se ele fica ou não. Temos que terminar de forma digna, buscar o segundo lugar e aí sim a diretoria com ele sentar e ver o que é melhor para o clube - afirmou o camisa 8 do Timão.

SELEÇÃO BRASILEIRA

A lista com os 26 nomes que irão representar o Brasil na Copa do Mundo será divulgada na segunda-feira (7), às 13h, pelo técnico Tite. Renato Augusto falou que caso não esteja na lista final, ficará na torcida pelo Hexa.

- Eu realmente não sei. Não tive nenhuma conversa para saber se eu estou nessa lista ou não. Eu posso falar que eu estou me sentindo bem, fazendo jogos em alto nível e se eu tiver a oportunidade eu vou estar pronto. E se eu não estiver, vou estar que nem você aqui, torcendo para a Seleção ganhar o título - comentou.

O meia falou sobre o bom relacionamento com o técnico Tite e reforçou estar preparado para disputar a Copa no Qatar.

- A gente teve bons anos juntos e títulos importantes. Ele me conhece bastante, sabe o que eu posso entregar dentro do campo. Depende dele, se tiver que ser, vai ser. Não quero criar nenhuma expectativa muito grande e se eu tiver a oportunidade, vou estar preparado - concluiu o camisa 8 corintiano.

Agora, o Corinthians tem pela frente o Ceará, neste sábado (5), às 20h30, na Neo Química Arena, pela antepenúltima rodada do Brasileirão.

Últimas