Reforço do Timão, Victor Cantillo se despede do Barranquilla em post

Volante de 26 anos se despediu do clube colombiano pelas redes sociais. Jogador deve chegar ao Brasil nesta segunda para assinar contrato e ser oficializado pelo Corinthians

Lance

Lance

Lance

O volante colombiano Victor Cantillo se despediu do seu antigo clube, Junior Barranquilla (COL), pelas redes sociais, na tarde deste domingo (5). O jogador estava no clube colombiano desde 2017, quando chegou do Deportivo Pasto, da Colômbia. No Junior, ele foi campeão colombiano e da Copa da Colômbia em 2017, além do vice-campeonato da Copa Sul-Americana em 2018, quando foi derrotado pelo Athletico.

No texto, Cantillo exalta o ex-clube e agradece aos ex-companheiros e sua antiga comissão técnica.

- Neste especial para minha carreira e para o meu futuro, quiro agradecer a todas as pessoas que durante estes dois anos e meio estiveram me apoiando em Barranquilla. Sonhei em vestir esta camisa e quando cheguei muitos duvidaram de mim, mas com trabalho e dedicação pude ganhar o coração de muitos. Cumpri meu sonho e ganhamos muitos títulos que sem dúvida permanecerão em meu coração a qualquer lugar que eu vá. Quero agradecer a todos os diretores, comissão técnica, companheiros, torcedores e a todos que acreditaram em mim e hoje veem o fruto desta confiança. Levo todos em meu coração e posso dizer com a mão no peito que não é um adeus, mas um até logo - escreveu o jogador.

Veja o post

Para ter o volante, o Corinthians repetirá o mesmo modelo de negociação que fez com Araos para trazer o volante Victor Cantillo, do Junior Barranquilla, da Colômbia. O clube paulista, inicialmente, contrata o jogador por empréstimo e de forma parcelada. Se pagar corretamente, fica com o jogador em definitivo no início de 2021. Caso contrário, o Alvinegro devolve o atleta ao futebol colombiano.

Sem grana nos cofres para realizar o pagamento à vista e sem apresentar as garantias bancárias necessárias ao clube colombiano, o Timão aceitou receber o jogador por empréstimo de um ano, com contrato de três anos. A diretoria corintiana fechou o valor do volante em 3 milhões de dólares (R$ 12,2 milhões).