Recurso do Manchester City contra punição da Uefa será analisado em junho

Acusado de violar regras do fair play financeiro, clube inglês foi punido com o banimento das duas próximas edições da Liga dos Campeões da Europa

Lance

Lance

Lance

O recurso enviado pelo Manchester City à Corte Arbitral do Esporte (CAS) após punição da Uefa, que excluiu o clube das duas próximas edições da Liga dos Campeões, será analisado pela instância máxima dos esportes entre os dias 8 e 10 de junho, segundo informou o próprio CAS.

Todos os lados envolvidas serão escutados numa audiência, após a análise de documentos por juízes. A partir daí, i tribunal julgará o pedido do clube inglês e decidirá optar por manter a punição, reduzi-la ou suspendê-la.

Em fevereiro, a Uefa puniu o Manchester City com o banimento das duas próximas edições da Liga dos Campeões por conta do descumprimento das regras financeiras da entidade (o fair play financeiro). A entidade considerou o clube inglês culpado por ter inflacionado de forma falsa os valores de seus patrocínios no período entre 2012 e 2016. A equipe também terá que pagar uma multa.