Futebol Ramón Díaz se despede do Botafogo: 'Queria voltar a treinar no Brasil um dia'

Ramón Díaz se despede do Botafogo: 'Queria voltar a treinar no Brasil um dia'

Argentino afirma que operação foi um sucesso, lamenta pela situação no Alvinegro não ter dado certo e ressalta admiração do futebol brasileiro

Lance
Lance

Lance

Lance

A passagem de Ramón Díaz pelo Botafogo durou 16 dias. Com um problema de saúde, o argentino nem chegou a comandar a equipe à beira do gramado. O Alvinegro, em situação dramática no Campeonato Brasileiro, alegou que "não podia mais esperar" pelo argentino.

Ramón Díaz se pronunciou sobre a saída do Alvinegro pelo Instagram. O treinador, que ainda se recupera de uma cirurgia em uma casa no Paraguai, lamentou que o episódio no Botafogo não deu certo.

- Deixo uma mensagem para todo mundo que me segue e se preocupa comigo. A operação foi um sucesso, terei alta 7 de dezembro. Também mandarei uma mensagem para todas as pessoas do Botafogo, os jogadores, os dirigentes... A coisa não saiu como queríamos, a verdade é que é um futebol que eu gosto e queria voltar a treinar no Brasil um dia. Estamos juntos - afirmou.

Últimas