Futebol PSG tem enorme desafio e City fica tranquilo; veja análise detalhada dos grupos da Champions League 2023/24

PSG tem enorme desafio e City fica tranquilo; veja análise detalhada dos grupos da Champions League 2023/24

Grupos são definidos por sorteio; clubes se preparam para mais uma temporada de Liga dos Campeões

Lance
Lance

Lance

Lance

A fase de grupos da Uefa Champions League 2023/24 foi definida por sorteio realizado nesta quinta-feira (31). As chaves indicam alguns encontros interessantes já nas primeiras rodadas, com grandes equipes protagonizando duelos que prometem entregar emoções, intensidade e futebol de altíssimo nível. Confira no LANCE! uma análise detalhada de todos os grupos da Liga dos Campeões da Europa.

GRUPO A - Bayern de Munique, Manchester United, Copenhagen e Galatasaray
Para abrir a análise, o primeiro combinado de quatro times possui dois francos favoritos para avançarem ao mata-mata. Atual campeão da Bundesliga, o Bayern de Munique chega renovado e com um grande "homem-gol": Harry Kane. Os bávaros contam com o faro de artilheiro do inglês para irem bem no torneio. Já o Manchester United mantém o trabalho de Erik ten Hag, reforçado em alguns setores. Contudo, a equipe parece estar buscando seu melhor jeito de jogar.

+ Fase de grupos da Champions League está definida; veja como foi o sorteio

O Galatasaray possui alguns nomes interessantes em seu plantel, que atuaram no futebol europeu por alguns anos, como é o caso do belga Dries Mertens, do argentino Mauro Icardi e do espanhol Angeliño. "Azarão", o Copenhagen chega como o maior candidato à última posição no grupo, mas deve brigar pela terceira posição para "fisgar" uma vaga na Liga Europa.

Palpitão dos classificados: Bayern de Munique e Manchester United

GRUPO B - Sevilla, Arsenal, PSV e Lens
Estes quatro times prometem entregar entretenimento. Todos mostraram, ao menos na última temporada, que sabem jogar com a bola no pé e optam por um jogo mais intenso, de maior velocidade. Campeão da Liga Europa (mais uma vez), o Sevilla chega para brigar por vaga no mata-mata, muito provavelmente com o Arsenal. Os ingleses, que voltam à Champions League depois de seis anos, brigaram ponto a ponto com o Manchester City em 2022/23 e mostraram força ao longo da temporada.

O PSV tem o DNA do futebol holandês e mostrou isso no jogo contra o Rangers, pelos playoffs. Goleada por 5 a 1 e um futebol veloz, técnico e envolvente. Vice-campeão francês na última temporada, o Lens já mostrou ser uma equipe organizada, forte e com capacidade. A equipe terminou a Ligue 1 com apenas um ponto de diferença para o campeão PSG e pode incomodar, o que deixa o Grupo B um dos mais abertos da competição.

Palpitão dos classificados: Arsenal e Sevilla

GRUPO C - Napoli, Real Madrid, Braga e Union Berlin
Apesar da qualidade do Napoli e da força do Real Madrid, é um grupo que promete ser "encardido". O atual campeão italiano conseguiu manter suas estrelas, como Khvicha Kvaratskhelia e Victor Osimhen, mas perdeu o zagueiro Kim Min-jae para o Bayern e viu o técnico Luciano Spalletti deixar o comando da equipe. Por sua vez, apesar de estar lidando com desfalques pesados (Courtois e Vini Jr), o Real Madrid ainda é o Real Madrid e promete continuar brigando até o fim. Os merengues contam com a ótima fase do recém-chegado Jude Bellingham.

O Braga vem das rodadas eliminatórias e mostrou disposição para jogar a fase de grupos Champions League, o que não acontecia há mais de uma década. Por sua vez, o Union Berlin fez bonito na última temporada na Alemanha e chegou a liderar a competição. Repete o feito na atual e se encontra na primeira posição na tabela da Bundesliga.

Palpitão dos classificados: Real Madrid e Napoli

GRUPO D - Benfica, Inter de Milão, RB Salzburg e Real Sociedad
Atual vice-campeã do torneio, a Inter de Milão já tem um desafio na fase de grupos, mas conta com a manutenção de seu artilheiro Lautaro Martínez e de outros bons nomes, como Dimarco, Bastoni. O destaque fica com o ótimo meia Nicolo Barella. A situação do Benfica depende da manutenção de seu desempenho coletivo na última temporada. Sob o comando do alemão Roger Schmidt, a equipe foi campeã portuguesa com folgas e, com o retorno de Ángel Di María, as águias querem voar ainda mais alto em 2023/24.

Real Sociedad vem de uma campanha sólida e já mostrou ser capaz de incomodar em grandes competições, com destaque para o meia-atacante Takefusa Kubo, japonês de muita qualidade técnica. Já o Salzburg não é o mesmo de outros tempos, quando tinha Haaland e Minamino em seu ataque, mas promete entregar o que costuma trazer: um jogo rápido, intenso, que prioriza os contragolpes. Pode incomodar.

Palpitão dos classificados: Inter de Milão e Benfica

GRUPO E - Feyenoord, Atlético de Madrid, Lazio e Celtic
Um dos grupos mais indefinidos da competição. Atual campeão holandês, o Feyenoord tem como destaque o brasileiro Igor Paixão, ex-Coritiba, mas não teve um bom início na Eredivisie. O Atlético de Madrid também é uma incógnita, mas confia em seus pilares ofensivos Antoine Griezmann e Memphis Depay, além do técnico Diego Simeone.

O inicio de temporada da Lazio é ruim, com duas derrotas em dois jogos no Campeonato Italiano, mas até o início da fase de grupos, pode se recuperar. Por fim, o Celtic, apesar da tradição, aparenta estar longe de uma eventual briga pelas primeiras posições. Mas conforme dito acima, todas as equipes deste grupo ainda são um mistério a ser revelado ao desenrolar das partidas.

Palpitão dos classificados: Atlético de Madrid e Feyenoord

GRUPO F - Paris Saint-Germain, Borussia Dortmund, Milan e Newcastle
Eis o "grupo da morte". Quatro equipes que esbanjam qualidade técnica e que prometem brigar por vaga até o fim. Campeão francês, o PSG vem muito diferente para a atual temporada, sem Messi e Neymar, vivendo uma crise com o astro Kylian Mbappé. A projeção para os parisienses não é das melhores e podem amargar mais um ano sem o tão sonhado título europeu. O Borussia Dortmund promete incomodar, como fez na última edição de Bundesliga, mesmo sem Jude Bellingham.

Segundo maior campeão da Champions com sete conquistas, o Milan não pode ser desprezado. Semifinalista na última edição, o Rossoneri conta com um excelente goleiro (Maignan), uma ótima linha de defesa (com Tomori e Theo Hernández) e com Rafael Leão e Giroud formando o ataque. A equipe perdeu o meia Sandro Tonalli, que foi justamente para um dos rivais neste grupo, o Newcastle, que vem de 20 anos sem saber o que disputar uma Liga dos Campeões. Reforçado, o time inglês conta com atletas de elite (Bruno Guimarães, Joelinton, Isak e Sandro Tonalli) e promete brigar para alçar voos ainda maiores do que na temporada passada.

Palpitão dos classificados: Milan e Newcastle

GRUPO G - Manchester City, RB Leipzig, Estrela Vermelha e Young Boys
O atual campeão da Champions League inicia a trajetória de defesa de título em um grupo que não promete dificultar a vida do Manchester City. Na última temporada, o RB Leipzig perdeu para o time de Pep Guardiola por 7 a 0 nas oitavas de final no jogo de volta. Os Citizens seguem fortes e mantiveram Bernardo Silva em meio ao assédio da Arábia Saudita, mas não terá Kevin De Bruyne até o fim da fase de grupos, por conta de lesão.

Tanto Estrela Vermelha quanto Young Boys chegam sem maiores pretensões, dada a dificuldade de brigar com Manchester City e RB Leipzig pela classificação. Mas a briga pela vaga na Liga Europa promete ser acirrada entre sérvios e suíços.

Palpitão dos classificados: Manchester City e RB Leipzig

GRUPO H - Barcelona, Porto, Shakthar Donetsk e Royal Antwerp
O Barcelona de Xavi, atual campeão de LaLiga, chegou a ter sua participação na Champions League questionada nos tribunais. No entanto, os culés buscam se recuperar de fortes dores em temporadas recentes na competição e chegam como favoritos ao "título simbólico" do Grupo H. O Porto conta com brasileiros importantes e deve brigar pela segunda vaga nas oitavas.

O Shakthar Donetsk pode fazer frente aos portugueses na disputa, mas diferente de outros tempos, o time ucraniano não conta mais com a "Legião Brasileira", muito por conta da guerra que assola a Ucrânia desde 2022. O Royal Antwerp é o novato; jamais disputou uma fase de grupos de Champions League, mas sem muitas pretensões de disputar as oitavas.

Palpitão dos classificados: Barcelona e Porto

+ Cupom LANCEFUT com 10% OFF para os fanáticos por esporte em compras acima de R$299,90

Últimas