Futebol Projeto Sonho de Bola recebe a visita do camisa 10 Diego Ribas

Projeto Sonho de Bola recebe a visita do camisa 10 Diego Ribas

Reality show da Record TV mostrará a trajetória de garotos de comunidades do Rio que vão lutar por uma vaga no Flamengo

Lance
Diego, camisa 10 do Flamengo, esteve com os garotos do reality Sonho de Bola

Diego, camisa 10 do Flamengo, esteve com os garotos do reality Sonho de Bola

Lance

O jogador Diego Ribas, um dos líderes do atual elenco do Flamengo, fez uma visita especial nesta quinta-feira (21) para os 26 meninos de comunidades carentes do Rio de Janeiro que participam do Sonho de Bola, reality show que será exibido no Balanço Geral RJ, da Record TV Rio, de setembro a outubro, e que levará um pequeno atleta para as categorias de base do Rubro-Negro.

O camisa 10 contou um pouco sobre sua vida para os meninos e todos os desafios encontrados ao longo de sua carreira, ressaltando a importância do foco, a persistência e a disciplina. O jogador falou também da importância dos estudos e sobre acreditar em sonhos. Diego ainda conversou com os pais participantes que se emocionaram com a história do jogador bicampeão Brasileiro e como o apoio da família é importante na formação de um atleta.

"É um projeto especial, onde um dos meninos vai ter oportunidade de jogar nas categorias de base do Flamengo. Foi muito bacana, falei para eles não perderem a alegria quando forem jogar futebol, essa alegria fará a diferença para a vida deles", disse Diego Ribas.

"Conversei com os pais e falei da importância da família para o atleta nesse processo, ela é que dá o conforto, o carinho e nos dá o poder, independente do resultado que tenhamos, algumas vezes não vamos vencer, faz parte do processo", acrescentou Diego.

Os meninos foram inscritos pelos projetos sociais das respectivas comunidades e após a primeira peneira eles estão sendo preparados técnica e emocionalmente. As crianças participantes precisaram comprovar assiduidade na escola, pois a finalidade do Sonho de Bola é unir o esporte e a educação.

Uma comissão técnica está acompanhando os meninos e ao final do processo, selecionará apenas um, que integrará a categoria da divisão de base da equipe rubro-negra. A comunidade do menino escolhido ainda será beneficiada com a restauração de uma quadra de futebol e receberá doação de materiais esportivos.

Confira sete motivos que atrapalham o Botafogo até o momento no Brasileirão

Últimas