Pressionado no Timão, Tiago Nunes se mantém fiel ao seu estilo de jogo

Técnico do Corinthians informou que não mudará suas convicções quando as competições do futebol brasileiro retornarem. Comandante está pressionado nos bastidores do clube

Lance

Lance

Lance

Ainda não há nem sequer uma previsão de quando e em quais condições o futebol brasileiro vai retornar após a pandemia do coronavírus. O fato é que o pressionado Tiago Nunes, técnico do Corinthians, se manterá fiel às suas ideias de jogo ofensivo que vêm sendo implementadas no CT Joaquim Grava.

No início desta semana, o treinador do Timão concedeu entrevista ao canal 'Band Sports' e falou sobre seu início de trabalho no clube do Parque São Jorge. O comandante reconhece que a fase não é das melhores, mas fala em seguir o planejamento e fazer com o que o Corinthians tenha um estilo de jogo ofensivo consolidado ainda nesta temporada.

- Nos meses de novembro e dezembro eu acompanhei tudo, as notícias, muitas vezes os programas esportivos. Se clamava publicamente por uma transformação. Em termos de ideia de jogo, de modelo de gestão e tudo mais. Fui contratado com esse objetivo, e com 13 ou 14 jogos agora não serve mais a transformação. Tudo depende do resultado. Não vou ser influenciado pelo resultado. Não sei quanto tempo vou permanecer no Corinthians e não é isso que me preocupa. Estou preocupado em fazer da melhor maneira possível o que fui convidado a fazer, que é mudar a maneira do Corinthians jogar e ajudar a revelar jogadores - afirmou o treinador.

Eliminado da Copa Libertadores para o Guaraní-PAR e com chances mínimas de classificação para a fase mata-mata do Campeonato (caso a competição retorne), Tiago Nunes tem sido bombardeado de críticas no Corinthians. Internamente, setores de oposição e alguns nomes da situação cogitam a contratação de um nome mais experiente. Apesar da pressão, a diretoria não cogita uma troca neste momento.

Tiago Nunes foi campeão da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil com o Athletico-PR e chegou ao clube do Parque São Jorge com a missão de reformular o departamento de futebol, integrar o time profissional com as categorias de base e, sobretudo, mudar um estilo de jogo que vinha sendo utilizado na última década.

Até aqui, em 14 jogos - contando os dois amistosos de pré-temporada -, o Corinthians de Tiago Nunes soma quatro vitórias, cinco empates e cinco derrotas. Na maior parte dos jogos, a equipe consegue se impor diante do adversário, mas os resultados não apareceram.