Futebol Presidente da Uefa acredita que decisão de encerrar campeonatos sem um vencedor foi precipitada

Presidente da Uefa acredita que decisão de encerrar campeonatos sem um vencedor foi precipitada

Dirigente queria que campeonatos fossem finalizados dentro de campo e criticou medida tomada pelo governo da França, que proibiu esportes até setembro

Lance
Lance

Lance

Lance

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, disse que a decisão de encerrar campeonatos nacionais sem um vencedor foi uma medida "prematura". Em entrevista ao canal "beIN Sports", o mandatário afirmou que o ideal era que os torneios fossem finalizados em campo. A França foi um dos países a realizar esta ação.

- Para nós, o importante é saber quem é campeão, segundo, terceiro e quarto. Minha opinião sobre o cancelamento da temporada tão cedo não é o ideal, porque muitos provaram que você pode jogar, com exceção de alguns campeonatos. Mas cabe ao governo dizer o que os clubes podem fazer.

Por decisão do governo, na França não poderão ter eventos esportivos até o mês de setembro. Isto implica diretamente na Liga dos Campeões, que deve ser disputada em agosto. O PSG está nas quartas de final e o Lyon, se eliminar a Juventus, também ficará entre os oito melhores.

- Não vejo por que as autoridades francesas proibiriam uma partida sem espectadores (na Liga dos Campeões).

Se o governo francês não reverter a situação, os clubes podem até jogar fora do país.

Últimas