Presidente da Lazio diz que jogadores saudáveis devem continuar treinando

Em entrevista ao site oficial do clube da capital italiana, dirigente afirmou não entender "por que um atleta, controlado diariamente por grandes profissionais, não pode treinar"

Lance

Lance

Lance

Em meio à pandemia provocada pelo novo coronavírus, a maioria dos campeonatos de futebol ao redor do mundo foi paralisada e segue sem previsão de retorno. Além das partidas, os treinamentos também foram interrompidos e os atletas têm treinado em suas próprias casas.

No entanto, há quem discorde da decisão de parar completamente. Segundo Claudio Lotito, presidente da Lazio, jogadores que não estão infectados pela COVID-19 teriam, em sua opinião, que continuar os trabalhos.

- Enfatizo que ninguém está subestimando a situação atual. Há um mês e meio, lancei a ideia de fazer um teste sorológico, que nos permite entender se uma pessoa foi exposta ao vírus. Não entendo por que um atleta, controlado diariamente por grandes profissionais, não pode treinar - disse o mandatário.

- O treinamento pode ser realizado com controles constantes, em um centro esportivo como o de Formello (local onde a Lazio treina), que é protegido da melhor maneira possível contra o vírus. Não entendo cientificamente qual seria o problema. Não se colocaria em perigo de forma alguma a saúde das pessoas ao redor dos jogadores - finalizou.