Futebol Presidente da LaLiga afirma que Espanhol terá acesso e descenso

Presidente da LaLiga afirma que Espanhol terá acesso e descenso

Javier Tebas pretende terminar as rodadas que restam do Campeonato Espanhol, mas descarta possibilidade de aumentar número de times em cada divisão do país

Lance
Lance

Lance

Lance

Javier Tebas, presidente da LaLiga, afirmou que o Campeonato Espanhol irá ter clubes rebaixados e promovidos na atual temporada mesmo que a competição tenha que ser cancelada antes do término das 38 rodadas. Apesar disso, o desejo é de terminar o torneio de qualquer forma. O mandatário também explicou como devem ser as prioridades das competições europeias em um possível novo calendário adaptado.

- Neste momento não contemplamos o cenário de não terminar a competição. Estou convencido de que a primeira e segunda divisão do Campeonato Espanhol irão acabar mais cedo ou mais tarde e é nisso que estamos focados. A possibilidade de expandir as divisões está descartada e haverá promoções e rebaixamentos em caso de cancelamento por força maior.

O presidente também disse que o mais provável é que os jogos aconteçam sem público até pelo menos o final deste ano. Sobre os protocolos do retorno das partidas, ainda se estuda como serão feitos os deslocamentos dos times, as transmissões, quem poderá entrar nos estádios e diz que o momento é de cautela.

Sobre a ordem das prioridades das competições, Tebas explicou que os torneio nacionais estão na frente dos continentais.

- O mais provável é que a gente divida as competições em blocos. Primeiro acabar os campeonatos nacionais e depois a Liga dos Campeões e Liga Europa.

Ainda não há previsão de retorno do futebol na Espanha, segundo país mais afetado pela pandemia da COVID-19 com mais de 200 mil casos. O esporte no país está parado desde o último dia 12 de março. A Alemanha planeja um retorno da Bundesliga no próximo mês, enquanto as equipes na Itália planejam voltar aos treinos a partir do dia quatro de maio.

Últimas