Futebol Preparador físico do Corinthians atualiza situação dos machucados

Preparador físico do Corinthians atualiza situação dos machucados

Michel Huff, em vídeo publicado pela TV oficial do clube, deu um panorama da situação física de Ramiro, Danilo Avelar e Léo Santos, em meio aos treinamentos no isolamento

Lance
Lance

Lance

Lance

A temporada do futebol brasileiro foi paralisada por conta da pandemia de coronavírus, mas os jogadores não pararam suas preparações, principalmente aqueles que estavam em tratamento por conta de lesão. No Corinthians a situação não é diferente e o clube conta com atletas que estão em fase final de recuperação durante o isolamento. Para atualizar a situação de cada um para o torcedor, o preparador físico Michel Huff falou com a TV oficial do Timão.

No momento, três corintianos se encontram em fase de transição. São eles Ramiro, Danilo Avelar e Léo Santos, que antes da interrupção das competições, há pouco mais de um mês, ainda não tinham condições de jogo e evoluíram de lá para cá, continuando o treinamento específico orientado pelos departamentos físico e médico do Alvinegro para este período.

Ramiro sofreu um estiramento no ligamento do joelho direito em partida contra a Ponte Preta, em 31 de janeiro, pelo Campeonato Paulista. Desde então o volante não voltou a campo, mas já estava iniciando os trabalhos junto com o restante do grupo pouco antes de os treinamentos coletivos serem paralisados. Assim já está próximo de estar em seu ideal físico para retornar.

- A respeito de jogadores que estavam lesionados, temos o Ramiro, que está em um período bem próximo de trabalhar com o grupo, na verdade já vinha fazendo alguns trabalhos com o grupo. Foi um período longo, em que ele teve a lesão diagnosticada contra a Ponte Preta, no dia 31 de janeiro e atualmente já se encontra em uma fase bem adiantada - avaliou Huff.

Logo no início do Paulistão Danilo Avelar havido sido diagnosticado com uma pubalgia, que o deixou sem atuar em 2020 até aqui. Com a parada das atividades, ele ampliou o tempo de afastamento, mas ganhou mais tranquilidade para se recuperara totalmente e estar pronto para quando a rotina normal de jogos e competições foram restabelecidas.

- O jogador Avelar, que teve uma pubalgia, foi diagnosticado no mês de fevereiro, mas já se encontra em uma fase bem adiantada e acredito que quando nós retornarmos para o trabalho ele vai estar disponível no grupo - explicou o profissional da preparação física.

Já a situação de Léo Santos requer um pouco mais de atenção. Revelação das categorias de base do Timão, o zagueiro sofreu uma séria lesão no segundo semestre do ano passado e precisou passar por uma cirurgia para reconstruir os ligamentos do joelho direito. Com a parada atual, ele, que já estava em fase final de recuperação, trabalha para não regredir no processo.

- O caso do Léo Santos é um jogador que teve uma cirurgia bem complicada, ele já vem treinando, vem fazendo trabalhos de acompanhamento junto com o fisioterapeuta Caio (Mello), a gente espera que ele possa retornar e possa fazer parte do grupo. É um jogador com um cuidado especial, até por todo esse processo que está sendo feito. Vamos aguardar e esperar que ele tenha uma boa recuperação - resumiu o preparador físico Michel Huff.

Apesar de estarem de férias até o começo do próximo mês, os jogadores em recuperação continuam o processo de recuperação em suas residências, seguindo as orientações dos departamentos médico e físico do clube. Ainda não há definição se na volta do descanso o elenco se reapresentará no CT Joaquim Grava, ainda por conta da pandemia de coronavírus.

Últimas