Futebol Philippe Coutinho deverá deixar o Barcelona, segundo emissora; Inglaterra pode ser o destino

Philippe Coutinho deverá deixar o Barcelona, segundo emissora; Inglaterra pode ser o destino

Brasileiro conviveu com muitas lesões na temporada, e não deverá ser aproveitado pelo clube catalão. Arsenal e Everton aparecem como favoritos na briga pelo meia-atacante

Lance
Lance

Lance

Lance

Depois de um ano marcado por lesões no Barcelona, o brasileiro Philippe Coutinho não deve permanecer no clube espanhol para a próxima temporada. De acordo com a imprensa inglesa, os catalães planejam uma reformulação no elenco, e o meia-atacante será colocado à venda.

+ Veja a tabela final da La Liga


Segundo a emissora "Sky Sports", Arsenal e Everton, ambos da Inglaterra, já largam na frente pela contratação do camisa 14 blaugrana, que está em uma lista de dispensa do técnico Ronald Koeman. A intenção do Barcelona é fazer caixa para ter recurso na contratação de novos jogadores.

Além de Coutinho, o jornal "As" disse que outros 11 jogadores estão nesta lisa de dispensa: Matheus Fernandes, Miralem Pjanic, Junior Firpo, Neto, Martin Braithwaite, Samuel Umtiti, Francisco Trincão, Riqui Puig, Sergi Roberto, Clement Lenglet e Ousmane Dembélé.

Philippe Coutinho não entra em campo pelo Barcelona desde o dia 29 de dezembro do ano passado, quando foi substituído no primeiro tempo em jogo contra o Eibar. De lá para cá, o jogador passou por três cirurgias no joelho esquerdo, sendo a última delas há cerca de dois meses, no Brasil.

+ Esquenta para City x Chelsea! Veja os clubes com mais títulos da Champions League

Após sua primeira cirurgia, logo depois da lesão no fim de 2020, a expectativa era que o atleta voltasse a entrar em campo entre três e quatro meses. Algumas complicações, porém, atrasaram a programação inicial, e o jogador chegou a passar por um procedimento em uma clínica no Qatar.

Na temporada que se encerrou no último fim de semana, Coutinho chegou a ser titular com o técnico Ronald Koeman após seu retorno do empréstimo ao Bayern de Munique. Antes da lesão, o atleta entrou em campo 14 vezes e marcou três gols, além de dar duas assistências.

Últimas