Futebol Patrick supera confusão com Rogério Ceni e deve ficar no São Paulo

Patrick supera confusão com Rogério Ceni e deve ficar no São Paulo

O camisa 88 se desentendeu com Ceni no começo do ano, mas já está superado e deve permanecer no Tricolor para o próximo ano

Lance
Lance

Lance

Lance

Patrick deve permanecer no São Paulo para a próxima temporada. O camisa 88 encerrou o ano com algumas confusões envolvendo Rogério Ceni, nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Como está o São Paulo para a abertura da janela de transferências de 2023? O vaivém do mercado no Tricolor

Veja tabela da Copa do Mundo

O Pantera Negra foi um dos nomes mais importantes para o treinador neste ano. Terceiro maior artilheiro do Tricolor em 2022, com nove gols marcados, sendo cinco no Brasileiro, também deu oito assistências.

Também foi crucial com um grande momento de destaque nas decisões da Copa Sul-Americana quando marcou os dois gols na semifinal, que permitiram que a disputa fosse decidida nos pênaltis. Assim, o São Paulo cravou sua vaga na final do continental.

Entretanto, mesmo sendo visto como uma das melhores contratações deste ano, o clima esquentou no vestiário na penúltima rodada do Brasileirão, contra o Fluminense.

Mesmo enquanto o São Paulo ainda vencia por 1 a 0, Patrick foi substituído na volta do segundo tempo, dando lugar a Giuliano Galoppo. Na etapa final, em menos de quinze minutos, o Tricolor sofreu três gols, marcados por Germán Cano.

O atrito do Pantera Negra com Rogério Ceni começou porque o jogador não estaria gostando das substituições recentes que estavam sendo impostas.

Nesta temporada, o camisa 88 esteve presente em 30 partidas do Brasileirão. Destas, foi titular em 24 delas. Mas terminou somente quatro jogos em campo. Em todos os outros 20, foi substituído. Toda essa questão colocou em dúvida se o jogador iria continuar na equipe para a próxima temporada ou não.

Entretanto, fontes próximas ao jogador confirmaram ao LANCE! que todos esses atritos estariam superados. Desta forma, não há propostas para que Patrick deixe a equipe.

Isso também já havia sido confirmado pelo próprio Rogério Ceni, nas últimas coletivas antes do São Paulo entrar de férias. Segundo o próprio Ceni revelou, ele e o camisa 88 discutiram no intervalo da derrota por 3 a 1 para o Fluminense no último sábado (5), no Maracanã, após o jogador saber que seria substituído.

- No intervalo do jogo do Maracanã, resolvi fazer uma alteração. Patrick estava sofrendo para fazer a composição defensiva, Fluminense tem bom toque de bola. Ele teve uma reação que não é condizente com um profissional - disse.

- Foi uma atitude um pouco fora de padrão. Eu não vejo problema em jogador reclamar. A opção de não escalá-lo hoje foi para ter um meio-campo mais consistente, mais forte, não foi por isso. Ele entrou no segundo tempo. Entrou, jogou 45 minutos. Se houver algo além, é com a diretoria, por ser algo excepcional. Você tem que relevar algumas coisas, para mim o que acontece no campo fica no campo - completou.

Patrick foi anunciado no começo deste ano pelo São Paulo, com um vínculo de duas temporadas. A reapresentação do elenco acontece no dia 14 de dezembro.

Últimas