Futebol Odair Hellmann trabalha para dosar ímpeto ofensivo do Santos

Odair Hellmann trabalha para dosar ímpeto ofensivo do Santos

Técnico espera que o Peixe possa encontrar equilíbrio nas ações ofensivas

Lance
Lance

Lance

Lance

Nos últimos meses, o Santos se caracterizou por conseguir resultados melhores atuando em transição, explorando a velocidade de jogadores como Ângelo e Soteldo. Para 2023, a dupla ganhou a companhia de Steven Mendoza, outro jogador rápido, especialista em contra-ataque.

No jogo-treino deste domingo, contra o EC São Bernardo, os melhores momentos do Santos também foram jogando em transição, mas o técnico Odair Hellmann destacou a necessidade de dosar o ímpeto ofensivo dos jogadores do Peixe.

- É uma das coisas que a gente precisa evoluir. Vi o jogo contra o Palmeiras (no Brasileirão), um bom jogo, mas o Palmeiras conseguiu pressionar, conseguiu uma vantagem em algum momento quando recuperamos a posse e rapidamente entregamos a posse. Nós temos jogadores com a característica de velocidade e drible, mas não é todo o momento que precisamos partir para dentro da marcação, que vamos conseguir o contra-ataque, a transição. Esse equilíbrio de saber o momento de rasgar e parar dentro do gol e o momento de respirar, e ficar com a bola para não entregar para o adversário - analisou o técnico.

No jog0-treino contra o EC São Bernardo, o Santos teve dificuldade para entrar na defesa adversária quando ela estava mais postada. É o tipo de situação que Odair Hellmann ainda pretende trabalhar antes da estreia.

- É um time desequilibrante na parte ofensiva, de drible, de 1 contra 1. Estamos querendo trabalhar o momento que não tem essa transição. Vai ter momentos que precisa construir, ficar com a bola, balançar o adversário para que o jogador tenha a melhor tomada de decisão. Não podemos a todo momento partir para dentro do adversário e começar a perder essa posse. Isso que a gente vai buscar, estamos trabalhando e vamos buscar isso - analisou o técnico.

Últimas