'Novo' Arsenal domina United na primeira etapa, vence e ameniza crise

No embalo de Pépé, Gunners fazem 2 a 0 no rival de Manchester e voltam a triunfar após quatro rodadas no Campeonato Inglês; É a primeira vitória sob o comando de Mikel Arteta

Lance

Lance

Lance

Com uma grande atuação no primeiro tempo e embalado pelo marfinense Nicolas Pépé, que abriu o placar no Emirates Stadium, o Arsenal venceu o Manchester United por 2 a 0, nesta quarta-feira, e alcançou seu primeiro triunfo sob o comando de Mikel Arteta. O zagueiro Sokratis definiu o placar em Londres.

Os Gunners, que não venciam há quatro rodadas, ganham duas posições e encerram a 21ª rodada do Campeonato Inglês na 10ª colocação, com 27 pontos, a nove da zona de classificação para a Liga dos Campeões. Derrotados nesta no primeiro dia de 2020, os Red Devils permanecem em quinto, com 31 pontos.

COMO FOI

O chute de muito longe de Rashford para a defesa de Leno, logo no primeiro minuto de jogo, foi um lampejo solitário no primeiro tempo do United. Aos sete minutos de jogo, Pépé aproveitou o cruzamento desviado de Kolasinac e, de primeira, escorou para o gol e fez 1 a 0 para o Arsenal.

MARFINENSE 'ON FIRE'!
O gol fez bem para o time da casa, que passou a empilhar chances. Pouco após abrir o placar, o marfinense entortou Luke Shaw e cruzou para Aubameyang, por um triz, não marcar em belo voleio. Torreira, em bonito giro, tirou tinta da trave adversária - que seria carimbada pelo endiabrado Pépé ainda no primeiro tempo.

Tamanho volume de jogo dos Gunners renderia mais um fruto. Aos 41 minutos, Özil cobrou escanteio, Lacazzette raspou de cabeça, De Gea espalmou, e bola ficou à feição para o zagueiro Sokratis encher o pé e fazer o segundo para a equipe de Londres. O United, por sua vez, só voltaria a ameaçar novamente no último lance da etapa inicial, em que Maguire cabeceou nas mãos de Leno após falta longa para a área.

MELHORA INSUFICIENTE
As entradas de Andres Pereira e Greewood, além da melhora do Fred, melhoraram os Red Devils para a etapa final. Em chute de fora da área, o volante ex-Colorado exigiu defesa de Leno. O meia-atacante belga-brasileiro, por sua vez, arrancou o suspiro da torcida visitante ao acertar uma bomba por fora das redes do Arsenal. Nos minutos finais, mandantes não conseguiram encaixar bons contra-ataques, mas também não passaram o sufoco, e garantiram a primeira vitória de Mikel Arteta no comando londrino.