Futebol Neymar tem nova lesão grave e não consegue decolar no Paris Saint-Germain

Neymar tem nova lesão grave e não consegue decolar no Paris Saint-Germain

Atacante nunca realizou mais do que 30 jogos em uma temporada com o PSG

Lance
Lance

Lance

Lance

O Paris Saint-Germain divulgou a informação de que Neymar precisará passar por uma cirurgia em seu tornozelo direito e ficará longe dos gramados por um período de três a quatro meses. Com isso, o brasileiro encerra a temporada com 29 partidas disputadas, 18 gols marcados e com 17 assistências distribuídas.

Desde que chegou na França, o camisa 10 do PSG sofreu com lesões graves em todas as temporadas. Embora tenha tido algumas lesões musculares, o craque sofreu com problemas ortopédicos nos últimos seis anos e não conseguiu ter o sucesso que esperava. O atleta nunca fez mais de 31 partidas em uma campanha com o Paris Saint-Germain.

+ Neymar desfalca PSG contra o Bayern: relembre as principais lesões do atacante na Europa

INÍCIO DO PESADELO
Em 2017/2018, ano de sua estreia, Neymar fez sua melhor temporada com o PSG, sendo decisivo e marcando gols em quase todos os jogos da fase de grupos da Champions League e sendo assombroso no Campeonato Francês, onde marcou 19 gols em 20 jogos. No entanto, o atleta sofreu uma lesão no quinto metatarso em março e volta a atuar dias antes da Copa do Mundo 2018.

Em menos de um ano, Neymar voltou ter uma lesão no mesmo local e precisou ficar longo dos gramados entre os dias 27 de janeiro e 21 de abril. O atleta fez mais cinco jogos com sua equipe e iniciou a preparação com a Seleção Brasileira para a disputa da Copa América 2019, que foi realizada no Brasil.

No entanto, o craque voltou a se lesionar durante um amistoso preparativo para a principal competição entre seleções da América do Sul. No duelo contra o Qatar, o camisa 10 foi substituído com 21 minutos, deixou o campo do Estádio Mané Garrincha de muletas e exames apontaram o rompimento do ligamento do seu tornozelo direito.

NOVAS RECAÍDAS
Em 2019/2020, Neymar atrasou seu início de temporada devido a sua recuperação no problema no tornozelo. Apesar de uma lesão muscular que o tirou de campo por seis partidas, o atleta conseguiu conduzir o Paris Saint-Germain aos da Ligue 1 e da Copa da França, mas também foi um dos principais condutores da chegada de sua equipe na final da Champions League, conquistada pelo Bayern de Munique.

Na temporada seguinte, o brasileiro sofreu com diversas lesões musculares e uma outra em seu tornozelo esquerdo entre o fim de 2020 e o início de 2021. No entanto, o craque conseguiu fazer 31 partidas em 2020/2021, o maior número de partidas realizadas pelo jogador desde que chegou na França, embora o rendimento estivesse abaixo dos anos anteriores.

Em 2021/2022, Neymar atrasou sua reapresentação após disputar a Copa América, onde foi derrotado na decisão contra a Argentina. Desde que voltou, o camisa 10 havia marcado apenas três gols até novembro, quando sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo em um duelo contra o Saint-Etienne e precisou deixar o campo de muletas. Após mais de dois meses parado, o atleta voltou a ter grande desempenho com a equipe comandada por Mauricio Pochettino na Ligue 1, em que marcou 10 gols em suas últimas 12 partidas pelo Campeonato Francês.

Brasil x Sérvia - Neymar

Brasil x Sérvia - Neymar

Lance

Neymar sofreu lesão no tornozelo na Copa do Mundo (Foto: Tolga Bozoglu / EFE / EPA)

NOVA DOR DE CABEÇA
​Recuperado, o craque realizou uma grande pré-temporada visando a Copa do Mundo 2022 e teve um início espetacular com o Paris Saint-Germain. Em 20 duelos antes de focar no Mundial com a Seleção Brasileira, o atleta havia marcado 15 gols e contribuído com 12 assistências com números promissores.

No entanto, a Copa do Mundo começou com mais uma dor de cabeça para o craque do Brasil. Na reta final da estreia contra a Sérvia, Neymar sofreu uma entorse no tornozelo direito, mas foi tratado com muita eficiência e voltou para a disputa das oitavas de final e quartas de final, onde foi decisivo, apesar da eliminação da equipe de Tite.

E nove jogos após seu retorno da Copa do Mundo, Neymar deixou o jogo contra o Lille com um novo problema no tornozelo. Por conta de tantas recaídas e lesões na região, o Paris Saint-Germain opta por uma cirurgia afirmando que o craque sofreu com "vários episódios de instabilidade" na região com o objetivo de "evitar um grande risco de recorrência".

Apesar do contrato com o Paris Saint-Germain até 2027, Neymar vem sendo especulado para deixar o clube francês. Desde 2022, o Chelsea é um dos principais interessados na contratação do brasileiro, embora uma lesão que levará entre três a quatro meses de recuperação possa influenciar em uma decisão de mercado para um jogador que está com 31 anos de idade e que vem sofrendo constantemente com problemas.

Neymar lesionado e chorando

Neymar lesionado e chorando

Lance

Momento da lesão de Neymar contra o Lille (Foto: Franck Fife/AFP)

Últimas